Conecte-se

FacebookTwitterInstagram

Logo Fundo preto

A Polícia Civil cumpriu na tarde de segunda-feira (09) um mandado de prisão contra um homem de 42 anos, em Blumenau. Ele é suspeito de crimes no Estado de São Paulo. A ação é da Divisão de Investigação Criminal (DIC).

Segundo o delegado Egídio Ferrari, o homem estava em casa no bairro Ponta Aguda quando os policiais chegaram para cumprir a ordem de prisão. Questionado, o preso disse que não sabia do motivo da prisão pois, segundo ele, nunca se envolveu em nenhuma tentativa de homicídio e já reside em Blumenau há nove anos.

No entanto, conforme o delegado, ele é réu com outros dois homens em uma ação penal na Vara do Júri da Comarca de São José dos Campos (SP) por sequestro e tentativa de homicídio ocorridos em 1998. Após as comunicações oficiais o preso foi encaminhado ao Presídio Regional de Blumenau.

WhatsApp Image 2019 06 12 at 12.10.17

Está preso preventivamente um homem dono de uma construtora que é suspeito de golpes, em Blumenau. A prisão foi na tarde de segunda-feira (09), no bairro Campinas, em São José, e envolveu também a equipe de inteligência da Secretaria de Segurança Pública de São José (Guarda Municipal) e da Polícia Militar.

Segundo o delegado Juraci Darolt, o homem teve a prisão preventiva decretada pela Justiça pelo crime de estelionato (43 vezes) suspeito de aplicar golpes no mercado imobiliário com a venda de apartamentos que nunca foram entregues e alguns deles vendidos para mais de uma pessoa. “A estimativa é que ele tenha faturado cerca de R$ 11 milhões com a fraude”, afirma o delegado. O preso foi encaminhado ao presídio Florianópolis, onde permanecerá à disposição da Justiça.

WhatsApp Image 2019 12 03 at 21.29.23

Policiais civis e militares prenderam um homem de 24 anos por tráfico de drogas, no bairro Passo Manso, em Blumenau, na tarde de terça-feira (03).

De acordo com o delegado Rodrigo Raitez, da Divisão de Investigação Criminal (DIC), o homem era monitorado por suspeitas de envolvimento com o tráfico. Após campana na casa, os policiais observaram quando o investigado ia sair do imóvel com certa quantidade de droga.

Ao realizar a abordagem, verificou-se que ele estava transportando cerca de um quilo de cocaína na cintura. No imóvel foram apreendidos mais 3,3 quilos de cocaína, um quilo de crack, diversas porções de maconha pesando cinco quilos e R$ 7.859.

WhatsApp Image 2019 12 03 at 10.49.45 2

Uma oficina de defesa pessoal a mulheres será realizada em Blumenau, no dia 16 deste mês, a partir das 19h, no ginásio da FURB. A iniciativa é de voluntários na campanha de combate à violência doméstica.

A ação “Mulheres na luta” faz parte do programa Polícia Civil Por Elas e visa a incentivar as mulheres a buscar ajuda e a romper o ciclo de violência doméstica.

Para participar basta doar um quilo de alimento não perecível, cuja arrecadação  será destinada à Casa Elisa, instituição que abriga mulheres em situação de vulnerabilidade em razão dos delitos.

Promovido pela Delegacia de Proteção à Criança, ao Adolescente, à Mulher e ao Idoso (DPCAMI), o curso terá como eixo matriz o Jiu Jitsu com o trabalho voluntário de professores e instrutores da equipe Team Marcos Cunha Bjj (Marcos Vinicius da Silva Cunha, Alexandre Vieira, Denis Silva, Diogo José Bento, Maria Eduarda Tozoni Ono) e o delegado da DPCAMI, David Sarraff.

“A expectativa para o evento é muito positiva. Além do trabalho voluntário dos apoiadores, estamos recebendo muitas mensagens de pessoas interessadas em participar e divulgar. Como praticante de arte marcial, considero fundamental difundir a prática da defesa pessoal no combate à violência doméstica contra a mulher, além da técnica compensar a diferença de força física, uma técnica aplicada com eficiência pode proporcionar aquele minuto para a vítima fugir ou buscar ajuda”, afirma o delegado Sarraf.

Logo Fundo preto

A Polícia Civil prendeu na tarde desta quinta-feira (28), em Blumenau, o homem suspeito de espancar três crianças em Indaial. Segundo o delegado João Cunha Neto, da Delegacia de Polícia de Indaial, o homem deverá responder por crime de tortura.

Ele aparece em um vídeo gravado em uma casa. O homem se apresentou à polícia, na quarta-feira (27), junto com seu advogado e ficou em silêncio. No início da tarde desta quinta-feira, após representar pela sua prisão preventiva, que foi decretada pela Justiça, os policiais civis de Indaial o localizaram em uma casa.

O delegado tem 10 dias para concluir o inquérito policial. Ele ainda ouvirá testemunhas e aguarda laudos para incluir na apuração. As crianças foram atendidas e recebem atendimento psicológico de profissional da Polícia Civil. O Conselho Tutelar também acompanha o caso. O inquérito tem a coordenação do delegado Romildo Parno, titular da DP de Indaial.