Conecte-se

FacebookTwitterInstagram

WhatsApp Image 2019 10 09 at 17.18.53

Trocar informações de forma mais rápida entre os setores de inteligência das forças de segurança do Brasil com a Argentina e criar um grupo permanente de comunicação entre elas. Estes foram os principais pontos abordados em uma reunião promovida pela Diretoria de Polícia da Fronteira (Difron) da Polícia Civil de Santa Catarina, nesta quarta-feira (09), na Delegacia Regional de Chapecó.

Participaram integrantes da Polícia Civil, Polícia Militar, Polícia Militar Rodoviária, Polícia Federal, GAECOs e policiais da Argentina. "O objetivo principal é formar uma rede de membros de todas as forças de segurança, tanto Estadual quanto Federal e do Brasil e Argentina para que se consiga trocar informações mais rapidamente. Também faremos novas reuniões entre os participantes”, afirmou o diretor da Fronteira, delegado Carlos Augusto de Andrade Morbini. O próximo encontro está marcado para o dia 27 de novembro, em São Miguel do Oeste.

“Teremos canais de acesso mais rápidos e eficientes no que tange a inteligência. Quase todos os policiais conhecem um ou outro e com essa mobilização essa rede se amplia e se estreita”, ressalta o delegado regional de Chapecó, Ricardo Casagrande. O prefeito de Chapecó, Luciano Buligon, também participou e proferiu palestra sobre a rota do milho – Buligon é presidente do Bloco Regional de Intendentes, Prefeitos, Alcaldes e Empresários do Mercosul (Bripaem).

WhatsApp Image 2019 10 09 at 17.18.52