Conecte-se

FacebookTwitterInstagram

WhatsApp Image 2020 06 30 at 09.34.58

A Polícia Civil de Santa Catarina, através da Diretoria Estadual de Investigações Criminais (DEIC), com o apoio da Polícia Civil de Pernambuco e de Delegacias de Polícia da Grande Florianópolis e de Tijucas, realizou nesta terça-feira (30) a Operação “Última Chamada”. Foram cumpridos 69 mandados de busca e apreensão expedidos pela Justiça decorrentes de investigação da Delegacia de Estelionatos e Defraudações (DD/DEIC) a respeito de golpes aplicados contra mais de 10 mil pessoas em vários Estados do Brasil.

As investigações apontam a existência de uma organização criminosa que se utiliza indevidamente do nome de operadora de telefonia para aplicar golpes, utilizando centrais telefônicas para enganar as vítimas, obter dados de cartões bancários e efetuando saques de valores sem o consentimento das vítimas.

Além das buscas, foram bloqueados judicialmente 19 veículos e sequestrados valores de 59 contas bancárias, sendo 30 contas de empresas e 29 contas de pessoas físicas, até o limite de R$ 10 milhões por conta.

Os crimes investigados no inquérito policial são estelionato, crime contra o consumidor, organização criminosa e lavagem de dinheiro. “As diligências prosseguem no intuito de apurar a documentação apreendida”, afirma o delegado Pedro Henrique de Paula e Silva Mendes, da Delegacia de Estelionatos e Defraudações da DEIC.

WhatsApp Image 2020 06 30 at 10.11.19

WhatsApp Image 2020 06 30 at 09.16.42

WhatsApp Image 2020 06 30 at 10.09.24

WhatsApp Image 2020 06 30 at 09.18.36

Confira o vídeo do Delegado Pedro Henrique de Paula e Silva Mendes: