Conecte-se

FacebookTwitterInstagram

Logo Fundo preto

Policiais civis da Delegacia de Barra Velha cumpriram um mandado de prisão de sentença condenatória definitiva contra um integrante de uma quadrilha especializada em roubos a veículos. Foi na terça-feira (18).

A investigação teve início em setembro de 2019, quando outro integrante da quadrilha foi preso em flagrante poucas horas depois de ter cometido um roubo. Os autores são suspeitos de integrar uma associação criminosa responsável por roubos a veículos em Barra Velha e região. Os presos estão recolhidos no sistema penitenciário e ficarão à disposição da Justiça.

WhatsApp Image 2020 02 20 at 18.39.10

A Polícia Civil desencadeou nesta quinta feira (20) a segunda etapa da Operação “Carnaval Seguro" e realizou a prisão de 17 pessoas em Itajaí e região.

A ação começou às 08h e se encerrou às 17h. As diligências e prisões aconteceram em Barra Velha (01); Navegantes (04) e Itajaí (12), na circunscrição da 4ª Delegacia Regional de Polícia. Entre os presos há condenados e presos provisórios pela prática de crimes como furto, roubo, estelionato, receptação, homicídio qualificado, tráfico de drogas, porte ilegal de armas, entre outros.

Após as prisões foram realizados os procedimentos cabíveis e os presos encaminhados ao Complexo Penitenciário do Vale do Itajaí, onde permanecerão à disposição da Justiça. Para o delegado regional Marcio Colatto, as ações além de cumprir as ordens judiciais com a retirada de criminosos das ruas propiciam mais segurança aos cidadãos de bem, especialmente no período de festejos de carnaval na região. “Nesse período em especial os criminosos se valem das vulnerabilidades dos foliões e turistas para praticarem delitos diversos, principalmente furtos, roubos e a comercialização de entorpecentes”, alerta o delegado.

As ações serão contínuas e fazem parte do planejamento da Policia Civil para a redução e o combate aos índices de criminalidade. O delegado destaca o comprometimento dos policiais das delegacias envolvidas, em especial da Divisão de Investigações Criminais (DIC) e do Setor de Investigações da 1ª DP, 2ª DP e DPCAMI, e apoio dos convocados da Operação Verão.

barravelha

A Polícia Civil, por meio do Delegacia de Barra Velha, efetuou a prisão de três pessoas e apreendeu crack e maconha, na tarde de terça-feira (18), no bairro Itajuba.

Segundo o Delegado Eduardo Ferraz, o setor de investigação criminal estava investigando um ponto de tráfico de drogas, quando observou uma movimentação suspeita no local. Diante disso, os policiais realizaram a abordagem e apreenderam 79 petecas de crack, meio quilo de maconha, balanças de precisão, dinheiro e celulares.Um homem e uma mulher foram autuados em flagrante delito pelo crime de tráfico de drogas e um adolescente foi autuado por ato infracional análogo a esse mesmo delito.

Os presos foram encaminhados ao sistema penitenciário e estão à disposição da Justiça.

WhatsApp Image 2019 06 12 at 12.10.17

A Polícia Civil instaurou inquérito policial para apurar duas mortes em Itajaí. Na terça-feira (18), dois corpos foram encontrados no bairro Santa Regina. Foi realizado o atendimento de local de crime em trabalho conjunto com o Instituto Geral de Perícias (IGP) que durou mais de três horas. Não foram encontradas evidências de violência.

Segundo o delegado Rafael Lorencetti, todas as providências foram adotadas e perícias requisitadas e com o aprofundamento das investigações o caso será esclarecido integralmente. O inquérito está com a Divisão de Investigação Criminal (DIC).

Logo Fundo preto

A Polícia Civil, através da Delegacia de Polícia da Comarca de Barra Velha, esclareceu o homicídio ocorrido em um bar, na noite de sexta feira (14). O crime ocorreu por volta das 21 horas e foi elucidado em menos de duas horas depois com a prisão do autor. O motivo teria sido um desentendimento banal (dívida financeira).

O autor, de 40 anos, desferiu várias facadas após discutir com a vítima, de 50 anos, e atingiu também um outro homem, de 31 anos, que tentou separar a briga. Ele fugiu do local. As polícias Civil e Militar iniciaram as buscas e localizaram o envolvido e a faca usada no assassinato. A arma foi apreendida.]

O trabalho conjunto das polícias Civil e Militar foi essencial para localizar o autor do crime de homicídio e tentativa de homicídio. Após a prisão em flagrante delito, o homem foi encaminhado à Unidade Prisional local e permanece à disposição da Justiça.