Conecte-se

FacebookTwitterInstagram

Itajaí - A DRFC/DEIC (Divisão de Furtos e Roubos de Cargas da Diretoria de Investigações Criminais) cumpriu mandado de prisão preventiva nesta sexta-feira, 1, contra mais um suspeito de participar de um esquema que simula roubo de cargas. A ação ocorreu em Itajaí e faz parte da operação deflagrada  em dezembro de 2018, que desarticulou grupo criminoso responsável pela simulação do roubo de uma carga têxtil avaliada em R$ 500 mil.

Um dos indiciados, J.C.F., 42, estava foragido desde dezembro de 2018, sendo capturado nesta sexta-feira à noite enquanto se divertia em uma festa na cidade de Itajaí. J.C.F.  foi encaminhado ao sistema prisional onde permanece à disposição da justiça.

Os envolvidos respondem pelos crimes de furto qualificado, associação criminosa, receptação e comunicação falsa de crime.

O esquema

Em dezembro, o material importado foi carregado na cidade de Itajaí e tinha como destino São Paulo. O motorista O.B.,  registrou Boletim de Ocorrência na cidade de Praia Grande (SP) narrando o roubo da carga têxtil. A investigação realizada pela DFRC/DEIC descobriu a farsa. Apurou-se que os criminosos burlaram o sistema de rastreamento do caminhão e a desviaram a carga ainda em território catarinense. 

Durante a operação foram presos o motorista, proprietário do caminhão e demais envolvidos. Foram cumpridos Mandados de Prisão e Busca e Apreensão nas cidades de Itajaí, Florianópolis, Balneário Piçarras e no Paraná.