Conecte-se

FacebookTwitterInstagram

itajaiii

A Polícia Civil, por intermédio da Divisão de Investigação Criminal (DIC) elucidou um homicídio no bairro São Vicente, em Itajaí, e apreendeu o autor do crime, em Itajaí.

O fato ocorreu em 05.04.2020, por volta das 19h51min, na Rua Singapura, quando uma mulher de 30 anos foi executada a tiros por um adolescente de 17 anos. A partir daí, iniciou-se a investigação no sentido de elucidar quem teria sido o autor do crime, e, após a devida reunião de elementos informativos e de provas, foi possível inferir que o executor do crime (ato infracional) foi um adolescente de 17 anos.

O adolescente tem passagens por atos infracionais análogos a furto, receptação e tráfico de drogas. A motivação do crime se deve a dívidas de drogas entre a vítima e o autor. Ouvido na sede da DIC, o adolescente confessou em parte os fatos narrados. Diante da apreensão do autor, ele foi encaminhado ao CASEP, onde permanece à disposição da Justiça. De acordo com o delegado Rafael Lorencetti, responsável pelo caso, o adolescente deverá responder por ato infracional análogo a homicídio qualificado.

WhatsApp Image 2020 05 08 at 18.56.54

Em Navegantes, a Polícia Civil também aderiu a campanha de arrecadação de alimentos por meio de doações e entregou cestas básicas na comunidade. Foi na sexta-feira (08).

WhatsApp Image 2020 05 08 at 18.56.54 1

5a3621da 1345 4018 be45 b9b233b296b8

A Polícia Civil, através da Divisão de Investigação Criminal (DIC), esclareceu nesta sexta-feira (08) um homicídio ocorrido no início de março e prendeu dois envolvidos, em Itajaí. O crime aconteceu no dia 4 de março, no bairro Fazenda, em Itajaí, e teria sido motivado por possíveis desentendimentos decorrentes do tráfico de drogas. A vítima era um homem de 27 anos e foi morta a golpes de faca.

Um dos autores se apresentou espontaneamente na sede da DIC e confirmou a participação no crime, alegando legítima defesa. O outro não foi localizado. De acordo com o delegado Rafael Lorencetti, os autores foram indiciados por homicídio qualificado devido a impossibilidade de defesa pela vítima e o inquérito policial remetido ao Judiciário.

cardBarravelhaaa

A Polícia Civil, por meio da Delegacia de Polícia da Comarca de Barra Velha, cumpriu um mandado de prisão preventiva contra um homem de 42 anos por estupro e roubo, em Barra Velha e região. O homem é suspeito de cinco estupros contra idosas.

Segundo o delegado Procópio Batista Silveira Neto, a maneira de agir era similar em todos os casos. O suspeito identificava vítimas com características semelhantes – mulheres na faixa dos 65 anos – que moravam em locais pouco movimentados e sozinhas. Todos os crimes foram premeditados. Após monitoramento inicial em que acompanhava detalhadamente a rotina das vítimas, ele entrava nas casas em horários de pouca movimentação na vizinhança e abusava sexualmente das vítimas. 

Em alguns casos, o homem aproveitava a oportunidade e roubava bens das vítimas, como celulares. Ao todo foram três casos em Barra Velha, um em Balneário Piçarras e um caso com vítima ainda não identificada. O suspeito estaria vivendo em Santa Catarina há mais de 10 anos. Ainda de acordo com o delegado, a  prisão aconteceu no dia 17/03/2020 e as investigações revelaram que, além dos crimes praticados em Santa Catarina, o suspeito estava foragido da Justiça em decorrência de um crime de estupro de vulnerável e roubo majorado, crime cometido contra uma criança de 12 anos no Rio Grande do Norte e por latrocínio contra um casal de idosos, no Ceará.

Em decorrência de suas características de crimes de estupro em série, há fortes indícios de que, durante esse período longo foragido em SC, o suspeito tenha cometido outros crimes semelhantes ainda não notificados às autoridades policiais. Eventuais vítimas devem entrar em contato com a Polícia Civil pelo disque denúncia 181 ou diretamente na Delegacia de Polícia de Barra Velha. O Inquérito Policial foi concluído e remetido ao Ministério Público e ao Judiciário para adoção das providências cabíveis.

WhatsApp Image 2020 05 04 at 18.28.33

A Polícia Civil, através da Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Itajaí, autuou dois adolescentes pela prática de tráfico de drogas e associação para o tráfico. A ação aconteceu na tarde desta segunda-feira (4), no bairro Cordeiros, em Itajaí.

Após monitoramento no local, eles foram flagrados comercializando cocaína, sendo apreendidos 15 buchas da droga e certa quantia em dinheiro. Os dois adolescentes foram autuados pelos delitos previstos nos art. 33 e art. 35, ambos, da Lei 11.343/06. Após a lavratura dos procedimentos respectivos, eles foram liberados aos responsáveis legais.