Conecte-se

FacebookTwitterInstagram

01.04 Araquari

A Polícia Civil, por meio da Delegacia de Polícia de Araquari e Balneário Barra do Sul, concluiu investigação que apurava a tentativa de homicídio e homicídio em dezembro de 2019, em Araquari.

De acordo com o delegado Tiago Escudero, as investigações iniciaram após a Polícia Civil ser acionada para verificar um homicídio no bairro Colégio Agrícola, em Araquari. Durante as investigações, descobriu-se que a vítima tinha envolvimento com uma facção criminosa que atua na região de Araquari e Balneário Barra do Sul.

A vítima estava sendo julgada pela organização criminosa por ter supostamente infringido “regras” da facção. Após criminosos autorizarem a execução, a vítima foi atacada por três homens logo após sair de um bar na região, porém, conseguiu fugir e retornar para casa. Nesta ocasião, outro membro da organização criminosa teve a “missão” de assassinar a vítima na residência dela em troca de um perdão de dívida.

Participaram do crime sete membros da facção também responsáveis por outros 12 homicídios na região. Destes, seis foram identificados, sendo que três deles já estão presos e outros três estão foragidos. Formalizado o relatório de conclusão, a Polícia Civil representou pela prisão preventiva dos investigados para que permaneçam presos durante o processo.

Logo Fundo preto

A Polícia Civil de Joinville, através da Delegacia de Proteção a Criança, Adolescente, Mulher e Idoso (DPCAMI), cumpriu um mandado de busca e apreensão na região Sul de Joinville após receber uma denúncia de violência doméstica. A ação foi na segunda-feira (30).

Segundo a denúncia, o homem invadiu a residência da ex companheira, praticou o crime de estupro e subtraiu pertences pessoais da vítima.

Ao cumprir o mandado de busca e apreensão, a Polícia Civil recuperou os pertences da vítima que estavam na residência do suspeito. Ele não foi encontrado no local.

A Polícia Civil continua a investigação do caso.

WhatsApp Image 2020 03 25 at 15.30.43 1

Integrantes de uma associação criminosa presos pela Divisão de Investigação Criminal (DIC), em Joinville, foram condenados pela Justiça a penas que somam mais de 135 anos de prisão.

Após a Polícia Civil constatar o aumento na incidência de roubos a residências em Joinville, principalmente nos bairros Glória, América e Saguaçu, deu-se início a uma investigação com o intuito de identificar e prender os autores dos crimes.

Em outubro de 2019, a DIC realizou a prisão de três homens que foram reconhecidos como sendo os autores dos crimes. Na época, foram identificadas mais de 15 vítimas, que relataram a agressividade dos criminosos.

Após o regular trâmite processual, a Justiça condenou os acusados a penas que, somadas, ultrapassam 135 anos de prisão.

WhatsApp Image 2020 03 26 at 18.41.30

A Polícia Civil, por meio da Delegacia de Polícia de Araquari e Balneário Barra do Sul, localizou e prendeu na manhã desta quinta-feira (26), um foragido que participou da chacina em Araquari, em que cinco pessoas foram mortas e outras 2 foram baleadas.

Após a chacina, ocorrida na região conhecida como “invasão”, em Araquari, a Polícia Civil identificou nove das 10 pessoas que participaram do crime. Dos envolvidos, quatro já haviam sido presos na operação NARCOS SC e seis deles permaneciam foragidos. Destes, a Polícia Civil já conseguiu capturar três dos foragidos.

Durante diligências realizadas pelos policiais civis para localizar um suposto local de receptação de produtos furtados, os policiais identificaram o foragido em uma residência na qual havia denúncias acerca da prática de tráfico de drogas. Os policiais procederam à abordagem das pessoas que estavam na residência e confirmaram a identidade do foragido que, além dos homicídios, também é investigado por envolvimento com tráfico de drogas e organização criminosa.

Durante a abordagem, foram encontrados maconha e dinheiro com o suspeito, além de outras circunstâncias que indicaram o tráfico de drogas. Ele foi preso e conduzido à Delegacia de Araquari, onde foi autuado por tráfico de drogas. Depois, encaminhado à Unidade Prisional Avançada – UPA de São Francisco do Sul, onde ficará à disposição da Justiça.

WhatsApp Image 2020 03 26 at 15.45.10 1

A Polícia Civil, através da Divisão de Investigação Criminal (DIC), realizou nesta quinta-feira (26) a prisão de um homem por receptação, em Joinville.

Após receber informações que ele estava escondendo um veículo roubado em sua residência, policiais civis se deslocaram até o local e efetuara a prisão e a apreensão do veículo, no bairro Boehmerwald. O carro havia sido levado no bairro Costa e Silva, em Joinville.

O preso foi encaminhado à CPP e autuado em flagrante. O carro será restituído ao proprietário.