Conecte-se

FacebookTwitterInstagram

31.03 Preso DPCAMI Palhoça

Policiais civis da Delegacia de Proteção à Criança, ao Adolescente, à Mulher e ao Idoso (DPCAMI) cumpriram nesta terça-feira (31) um mandado de prisão preventiva contra um homem de 29 anos em razão de delitos relacionados à violência doméstica contra a própria mãe, de 66 anos.

O homem já havia sido preso em fragrante seis vezes por delitos praticados contra a mãe, entre eles os crimes de dano, furto e ameaça. No dia 18 de março, ele teria ido à casa da mãe e descumprido a medida protetiva. Na ocasião, a vítima se dirigiu a uma Delegacia de Polícia e registrou um novo Boletim de Ocorrência relatando que o filho teria subtraído objetos da casa e proferido novas ameaças. Em razão disso, a delegada Daiana da Luz representou pela prisão preventiva do homem, que foi decretada pela Justiça e cumprida na manhã desta terça-feira (31).

27.03 Palhoça 1

A Polícia Civil, através da Divisão de Investigação Criminal (DIC), prendeu em flagrante duas mulheres e um homem em diligências ao combate de tráfico de drogas e apuração de um homicídio ocorrido em janeiro, em Palhoça. A ação aconteceu no bairro Guarda do Cubatão, na quinta-feira (26), em Palhoça.

O flagrante ocorreu quando o investigado entregava uma sacola com 1,5kg de maconha para as duas mulheres autuadas. Segundo a delegada Raquel Freira, as investigações continuam para identificar outros envolvidos e os presos permanecerão à disposição da Justiça.

27.03 Palhoça 2

WhatsApp Image 2020 03 25 at 19.54.45

A Polícia Civil, por meio da Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Palhoça, em continuidade às fiscalizações do decreto para frear o coronavírus, prendeu um homem por tráfico de drogas em uma rua no bairro Alto Aririu, em Palhoça. A ação foi na quarta-feira (25).

Durante a abordagem, os policiais civis apreenderam dinheiro, celular e 51 porções de maconha. Em seguida, foi localizado o esconderijo onde estava o restante do entorpecente comercializado. Conforme a delegada Raquel Freire, o homem foi preso em flagrante por tráfico de drogas e está à disposição da Justiça.

WhatsApp Image 2020 03 25 at 19.54.45 1

WhatsApp Image 2020 03 12 at 10.25.58

A Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Palhoça realizou a operação “Sierra Fox” com o objetivo de deslocar equipes de investigadores a Ponta Porã, no Mato Grosso do Sul e trazer um preso para Santa Catarina. O homem era investigado pela Polícia Civil catarinense em trabalho de combate ao tráfico de drogas e havia sido preso no Paraguai. A ação se encerrou na madrugada desta quinta-feira (12) e o alvo já está na Penitenciária da Capital.

Segundo a delegada Raquel Freire, o investigado foi capturado pela polícia paraguaia em uma residência em Bella Vista Norte, em meio às investigações sobre a fuga de 75 criminosos da penitenciária de Pedro Juan Caballero, que ocorreu no final de janeiro, em que há suspeitas de participação de organização criminosa radicada no Brasil.

O homem teve o mandado de prisão preventiva expedido pelo Judiciário de Palhoça após a conclusão da investigação, sendo que há aproximadamente dois anos permanecia foragido. A operação registrou duração de mais de 60 horas e percorreu a distância relativa a cerca de 2.500 quilômetros. Contou ainda com importante  grau de sigilo e a integração com policiais federais do Mato Grosso do Sul.

WhatsApp Image 2020 03 12 at 10.25.58 1

21.02.2020 DIC Palhoça 1

A Divisão de Investigação Criminal (DIC) desarticulou um grupo criminoso investigado por ordenar uma série de homicídios, em Palhoça. A operação “Bughouse” foi realizada na manhã desta sexta-feira (21) e cumpriu mandados de prisões temporárias e de busca e apreensão em residências de alvos de investigações. São apurados homicídios, tentativa de homicídio e organização criminosa.

Segundo as investigações, uma das vítimas foi morta no bairro Pontal, em 4 de janeiro deste ano, sob tortura e teve sua morte divulgada em grupos privados. As apurações resultaram na expedição de oito mandados de prisão temporárias e 11 mandados de buscas e apreensão em residências, além da apreensão de um veículo suspeito de ter sido utilizado em um dos crimes investigados.

As diligências realizadas nesta sexta-feira resultaram na apreensão de três armas de fogo: duas pistolas e um revólver possivelmente utilizados nos crimes. O armamento será periciado. Além das armas e munições a equipe encontrou diversos manuscritos na casa de investigados, oriundos do sistema prisional e que serão objeto de análise. Foram presos, ainda, por conta de mandado de prisão quatro suspeitos, e um quinto homem foi preso em flagrante por posse de arma de fogo. Além disso, outros dois investigados tiveram suas prisões cumpridas no interior da Penitenciária da Capital.

De acordo com a delegada Raquel Freire, “há indícios de envolvimento de uma organização criminosa atuante dentro e fora dos presídios catarinenses”. A delegada informou, ainda que as diligências continuam e os presos permanecem à disposição da Justiça. Participaram da operação “Bughouse” policiais da DRP de Palhoça (DPCAMI, DPCO de Palhoça e DP de Santo Amaro da Imperatriz) e delegacias da Capital (7ª DP, Roubos, 5ª DP da Capital, Central de Investigação do Norte da Ilha (CINI) e DRP de São José/, além da Polícia Militar do 16º Batalhão e Instituto Geral de Perícias.

21.02.2020 DIC Palhoça 2

 

21.02.2020 DIC Palhoça 3

 

21.02.2020 DIC Palhoça 4