Conecte-se

FacebookTwitterInstagram

O Governo do Estado mantém a autorização de funcionamento para lojas, supermercados e mercados que comercializam gênero alimentício, conforme a Classificação Nacional de Atividades Econômicas (CNAE) de cada estabelecimento. A operação deve seguir as regras determinadas em portaria pelo Centro de Operações de Emergência em Saúde (COES).

A autorização e as regras se aplicam, também, ao comércio de chocolates. Os estabelecimentos devem estabelecer restrição para a entrada de metade da capacidade de público para evitar aglomerações e preservar um distanciamento entre as pessoas de ao menos 1,5 metro. As denúncias de irregularidades podem ser feitas pelo telefone 190, pelo aplicativo PMSC Cidadão da Polícia Militar e pelo telefone 181 da Polícia Civil.

WhatsApp Image 2020 04 06 at 11.35.55

A Polícia Civil, através das Delegacias de Polícia de Pescaria Brava, Laguna e de Jaguaruna, no Sul do Estado, cumpriu mandado de prisão preventiva contra um homem suspeito de cometer estupro de vulnerável contra uma criança de seis anos (art. 217-A, CP). A prisão aconteceu na sexta-feira (3).

O caso chegou ao conhecimento da Polícia Civil após denúncia apresentada pelo Conselho Tutelar do Município de Pescaria Brava. De imediato foi iniciada a investigação que apontou a prova da materialidade e indícios da autoria.  A Polícia Civil, então, representou pela prisão preventiva do suspeito, já que se tinha informações de que ele pretendia sair da cidade.

O suspeito foi localizado na noite de sexta-feira em Jaguaruna. A prisão preventiva foi decretada pela Vara Criminal da Comarca de Laguna após manifestação favorável do Ministério Público. O suspeito foi transferido para o Presídio Regional de Tubarão, onde permanecerá à disposição da Justiça.

WhatsApp Image 2020 04 04 at 18.19.11

A Polícia Civil, por meio da Delegacia de Polícia da Comarca de Palmitos (DPCO), cumpriu mandados de prisão preventiva e prendeu mais três suspeitos denunciados por diversos crimes na cidade, entre eles tráfico de drogas e organização criminosa. Houve quatro prisões  nos últimos três dias. As prisões aconteceram na semana passada pela equipe de investigação da DPCO de Palmitos.

O trabalho é resultado da investigação que apontou a existência de grupos rivais disputando o controle do tráfico de drogas em Palmitos. A operação, realizada na sexta-feira, foi continuidade do trabalho que iniciou na quinta-feira (2) e que resultou no cumprimento de outra prisão preventiva. Os três suspeitos presos foram transferidos para a unidade prisional.

WhatsApp Image 2020 04 06 at 10.07.23

Neste domingo (05), policiais civis da Delegacia de Proteção à Criança, Mulher, Adolescente e Idoso (DPCAMI) cumpriram um mandado de prisão preventiva de um homem por descumprimento de medida protetiva, ameaça e porte de arma de fogo, em Blumenau. Houve apoio do Núcleo de Inteligência da Polícia Civil.

Conforme o delegado David Sarraf, o suspeito já possui inquérito policial na delegacia especializada, o qual deu origem a medida protetiva imposta contra ele. Apesar disso, reiterou ameaças de morte contra a ex-companheira, afirmando que não temia a atuação da polícia e enviando fotos de arma de fogo. O homem foi encaminhado ao presídio.

03.04 Acadepol

A Academia da Polícia Civil (Acadepol) assinou um acordo de cooperação técnica com a Hololab – Laboratório de Inovações Tecnológicas Ltda com o objetivo de aprimorar a solução denominada de “Sala de Tiro com Realidade Mista”. A iniciativa prevê a utilização de óculos de realidade mista para aperfeiçoamento técnico e tático de policiais civis. O acordo foi publicado no Diário Oficial do Estado no último dia 31 de março e terá vigência por um ano.

O plano de trabalho prevê o início das atividades no prazo de 15 dias após a publicação no Diário Oficial. Estão previstas aulas de aprimoramento e detecção de tiro para armas curtas e longas; de aprimoramento e detecção de tiro na arma no espaço; desenvolvimento do back-end que armazena dados e performance do aluno na missão e relatório de análise além de desenvolvimento de hologramas situacionais para a versão Alpha.

Caberá à Gerência de Planejamento e Avaliação da Delegacia-Geral da Polícia Civil a supervisão e orientação dos procedimentos de fiscalização, incluindo a adoção de medidas cabíveis nas hipóteses em que lhe sejam comunicadas irregularidades na execução dos acordos de cooperação técnica.

De acordo com o Delegado Geral da Polícia Civil, Paulo Koerich, o acordo assinado busca aprimorar a técnica e o desempenho dos policiais civis em atividade de patrulhamento e investigação policial. O acordo não implica em transferência de recursos financeiros de quaisquer espécies entre as partes conveniadas.