Conecte-se

FacebookTwitterInstagram

05.12.2019 CILS prende trafi com maconha e munição

A Polícia Civil, por meio da Central de Investigações Leste e Sul (CILS), prendeu em flagrante na tarde desta quinta-feira (5) um homem de 24 anos suspeito de tráfico de drogas e posse ilegal de munições. A ação aconteceu no bairro da Tapera, Sul da Ilha.

 Nas buscas feitas em uma casa os policiais apreenderam cerca de seis quilos de maconha, 45 munições de calibre 9x19mm, além três balanças.

 Segundo o delegado Ronaldo Moretrto, coordenador da CILS, o suspeito já era alvo de investigação e havia denúncia de que estaria associado a uma organização criminosa que atua na Tapera. Após o flagrante, o homem foi encaminhado à CPP de Florianópolis.

Logo Fundo preto

A Polícia Civil, através da Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Balneário Camboriú, prendeu na tarde desta quarta-feira (4), no bairro Tabuleiro, em Camboriú, um homem de 24 anos, que estava foragido da Justiça. Contra ele havia um mandado de prisão em aberto por latrocínio (roubo seguido de morte).

O crime aconteceu em 2017 em São José do Rio Preto (SP). Na ocasião, o foragido e um comparsa invadiram um comércio, anunciaram o roubo e houve reação do proprietário. Na ação, a vítima entrou em luta corporal e atingida com dois tiros. A captura foi possível após informação recebida pela Diretoria de Inteligência da Polícia Civil por meio do WhatsApp denúncia e repassada à DIC.

 Após a prisão, o homem foi levado à sede da DIC em Balneário Camboriú para os procedimentos legais e em seguida transferido ao Complexo Penitenciário do Vale do Itajaí, em Canhanduba.

Logo Fundo preto

A Polícia Civil, através da Divisão de Investigação de São José, realizou na manhã desta quinta-feira (5), a segunda etapa da Operação Lava Jato com o objetivo de identificar e prender mais um dos três envolvidos em um homicídio ocorrido no município em julho deste ano.

O crime aconteceu em uma lavação. Na ocasião, dois suspeitos tiveram prisão temporária decretada. Com as investigações, conduzidas pela DIC de São José, a polícia chegou a outro envolvido.

Na manhã desta quinta-feira, os policiais cumpriram os mandados de prisão. Um dos suspeitos já estava preso por outro crime e o dono da lavação voltou novamente à prisão. Um dos envolvidos continua foragido. Durante a operação, um Hyundai I30 passou a acompanhar o comboio de viaturas, o que levantou suspeitas. Os policiais, então, mudaram a rota e passaram a perseguir o veículo suspeito.

Em um dado tempo, o motorista parou o automóvel e o abandonou, deixando dentro um pacote com drogas. O veículo foi apreendido. A DIC de São José teve o apoio do serviço reservado da PM, do 7° e 22° BPM, como também o Tático e Reforçada, com a troca de informação em toda a investigação criminal no cumprimento dos mandados.

Logo Fundo preto

A Polícia Civil de Governador Celso Ramos cumpriu mandado de prisão, expedido na Comarca de Joaçaba, na quarta-feira (04), contra um homem suspeito de crime de estupro de vulnerável.

A ação contou com o apoio da Polícia Militar. O homem estava escondido em Governador Celso Ramos e foi localizado em uma casa na localidade de Morretes, onde foi preso e encaminhado ao presídio.

Logo Fundo preto

A Polícia Civil, através da Divisão de Investigação Criminal de Xanxerê ( DIC/FROn), concluiu na tarde desta quarta-feira (4) o inquérito policial que apurou a morte de um homem de 35 anos. Ele foi morto com um disparo em confronto com a Polícia Militar, no dia 7 de novembro, no Bairro Vila União, em Xanxerê.

Segundo o delegado Vinicius Buratto Iunes, da DIC, durante as investigações foi possível identificar diversas testemunhas que viram o homem andando armado, e apontando a arma para outras pessoas. A vítima possuía diversas passagens pela polícia e durante a sua fuga apontou a arma ao militar que o perseguia para prendê-lo.

Em seu relatório final, o delegado afirma que não tem dúvida de que o PM agiu em legítima defesa, motivo  pelo qual não houve indiciamento.