Conecte-se

FacebookTwitterInstagram

07.04 Máscara

O Governo de Santa Catarina recomenda o uso de máscaras de tecido por parte de todos os catarinenses que precisam sair de casa, de modo a diminuir a possibilidade de propagação do coronavírus. A portaria que autoriza a utilização e a fabricação, além de detalhar as instruções para o manuseio, foi publicada no Diário Oficial do Estado na noite desta segunda-feira, 6, e pode ser acessada aqui.

"É importante utilizar, e também uma questão de respeito às outras pessoas. A máscara é uma barreira que ajuda a evitar a proliferação do vírus", afirmou o governador Carlos Moisés, em entrevista coletiva online. Ele lembrou que o isolamento ainda é a principal medida para evitar o contágio. "As próximas semanas são as que vão apresentar um impacto mais relevante. O isolamento social vem para que a curva não seja tão aguda e nos dê tempo para adquirir os insumos que o mundo inteiro está adquirindo", lembrou.

>>>Tire suas dúvidas sobre as medidas restritivas e as ações de combate e prevenção à Covid-19

O decreto que trata das medidas restrititvas ainda está em vigor. O comércio permanece fechado em Santa Catarina e o transporte coletivo segue suspenso.

Regras para a confecção das máscaras

Conforme a portaria, as máscaras podem ser confeccionadas de tecido não tecido (TNT) preferencialmente em camada tripla, ou tecido de algodão, com mais de uma camada de tecido. Elas são de uso pessoal e não podem ser compartilhadas.

O documento trata apenas de máscaras usadas pela população em geral e não se aplica aos profissionais da saúde ou pacientes com Covid-19, que utilizam máscaras do tipo N95 e cirúrgicas, respectivamente.

Confira quais devem ser os cuidados com as máscaras:

  • Deve-se colocá-la com a mão previamente higienizada de modo a cobrir a boca e o nariz, de modo que a mesma fique bem ajustada a face;
  • Após a colocação da máscara deve ser evitado o contato com a face como um todo;
  • Caso precise ajustá-la durante o uso, faça-o pelas laterais e com a mão higienizada;
  • Para retirar higienize as mãos previamente e não toque na parte da frente da máscara. Retire-a pelas laterais de forma a evitar qualquer contato da face e mãos com a parte externa da máscara com o rosto;
  • Caso não seja possível proceder com a desinfecção imediata da mesma, colocar em um saco plástico ou de papel, bem fechado, e só abrir quando puder proceder com a desinfecção;
  • Não deixar a máscara sobre mesas ou balcões, pois isso facilita a contaminação do ambiente;
  • A máscara deverá ser submersa em uma solução de um litro de água para cada 50 ml de água sanitária por 15 minutos, após fazer o enxágue em água limpa, colocando a mesma em seguida para secar;
  • A máscara doméstica deve ser utilizada por um período inferior a duas horas, caso fique úmida a mesma deve ser substituída.

Acompanhe as notícias sobre o novo coronavírus

As notícias sobre as medidas para conter a propagação do novo coronavírus em Santa Catarina e os boletins atualizados com a situação do Estado podem ser acessadas no site sc.gov.br ou www.coronavirus.sc.gov.br. As atualizações podem ser acompanhadas ainda pelo Youtube, Instagram e Facebook do Governo do Estado.

07.04 Brusque

A Polícia Civil, por meio da Divisão de Investigação Criminal (DIC) e do Setor de Investigação Criminal (SIC) de Brusque, apreendeu um carregamento de pedras preciosas avaliado em mais de R$ 1 milhão. A ação foi na tarde de segunda-feira (06). Entre o material apreendido há esmeraldas e turmalinas.

A apreensão aconteceu após a Polícia Civil receber a denúncia de que uma pessoa estaria ilegalmente na posse de pedras preciosas e as tentava negociar em um estabelecimento comercial de Brusque. De posse desta informação, os policiais civis se deslocaram até o local indicado, onde localizaram o suspeito, o pretenso comprador, além de outras duas pessoas.

Nas buscas feitas em um veículo os policiais encontraram dentro de uma mala de viagem centenas de esmeraldas e turmalinas. Face a dúvida quanto à procedência das gemas e a natureza federal do(s) delito(s) eventualmente cometido(s) pelo suspeito todo o material apreendido e os envolvidos foram encaminhados à sede da Polícia Federal de Itajaí para os procedimentos pertinentes.

07.04 Brusque 02

laguna

A Polícia Civil, por meio da Delegacia de Polícia do Município de Pescaria Brava, deflagrou a segunda fase da Operação Estiva, com o objetivo de cumprir dois mandados de busca e apreensão, e um mandado de prisão temporária por roubo. Foi na segunda-feira (06), em Tubarão e Capivari de Baixo.

O crime teria ocorrido dia 24/02/2020, por volta das 23h43min, em uma residência situada na estrada geral de Sertão da Estiva, em Pescaria Brava.

Nas buscas foram apreendidos cerca de um quilo de maconha, sendo parte dela já acondicionada em papelotes, prontas para o comércio, o que resultou na prisão em flagrante de três homens por tráfico de drogas. A ação contou com o apoio de policiais civis das Delegacias de Polícia de Pescaria Brava, Laguna, Capivari de Baixo, Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Tubarão e também teve o apoio do Pelotão de Patrulhamento Tático (PPT) da PM de Tubarão.

WhatsApp Image 2020 04 07 at 09.23.11

A Polícia Civil, por meio da Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Chapecó, realizou entre a tarde e a noite de segunda-feira (06), uma operação com o objetivo de combater o tráfico de drogas e apreender entorpecentes, em Chapecó.

A ação deu continuidade à Operação Exorcismo deflagrada em fevereiro deste ano e que resultou no cumprimento de diversos mandados de busca e apreensão. Na ocasião foram cumpridos mandados de busca e apreensão no bairro Seminário, em Chapecó, e que resultou na prisão em flagrante de várias pessoas por posse de drogas para traficância e armas de fogo irregulares.

Na operação desencadeada nesta segunda-feira foi possível constatar que o tráfico de drogas era realizado pelos presos investigados e que haviam conseguido fugir durante a ação policial realizada em fevereiro. Naquela ocasião foi possível monitorar o tráfico e o armazenamento, transporte e fornecimento de drogas.

Segundo o delegado Rodrigo Moura, na tarde desta segunda-feira foram presos em flagrante quatro homens e duas mulheres que estavam praticando o tráfico de drogas em duas residências, uma no bairro Universitário e outra no bairro Seminário. Com os investigados foram encontrados maconha e crack embalados para o comércio.

Também foram apreendidos mais de R$ 22 mil, resultado da venda de drogas e dois veículos. Quase todos os conduzidos tinha registros policiais e suas idades variam entre 18 e 30 anos. Os presos serão encaminhados ao Presídio Regional de Chapecó e permanecem à disposição da Justiça.

WhatsApp Image 2020 04 07 at 09.23.11 1

WhatsApp Image 2019 06 12 at 12.10.17

Policiais civis da Delegacia de Polícia de Barra Velha e de São João do Itaperiú cumpriram um mandado de prisão preventiva por estupro, artigo 217 do Código Penal. A ação foi na tarde de segunda-feira (06), em São João do Itaperiú.

Segundo o delegado Eduardo Ferraz, o suspeito teria abusado sexualmente da sogra em diversas oportunidades, além de amedrontá-la, realizando ameaças contra a vida dela e de outros familiares, como forma de manter oculta sua prática. “Os estupros ocorrem há mais de dois anos”, afirma o delegado.

O  indiciado foi encaminhado ao sistema penitenciário, onde permanece à disposição da Justiça. O  inquérito policial foi concluído e foi encaminhado ao Ministério Público e ao Judiciário para adoção das  providências cabíveis. Houve apoio ooperacional da Polícia Militar de São João do Itaperiú.