Conecte-se

FacebookTwitterInstagramYoutube

WhatsApp Image 2020 09 14 at 17.12.37

A Polícia Civil, por meio da Delegacia de Polícia de Bombinhas, finalizou nesta segunda-feira (14) o inquérito policial que apurou um conflito envolvendo a pesca da tainha em Bombinhas, no litoral norte, e que resultou, na noite do dia 23 de junho, em disparo de arma de fogo proveniente da área da vigia na Praia de Quatro Ilhas, em Bombinhas. Um homem foi indiciado.

O fato ocorreu no início da noite, quando pescadores utilizando embarcação estariam tentando fazer o cerco dos peixes no mar, próximo ao Costão. Pescadores que realizavam a pesca de arrasto até a praia resolveram realizar os disparos de arma de fogo para coibir a ação.

Uma espingarda calibre .22 foi apreendida logo depois dos fatos escondida na trilha de acesso ao local. Foram realizadas várias diligências que culminaram com a identificação do autor, vinculado a um dos ranchos de pesca da localidade. Interrogado, na presença de sua advogada, o pescador admitiu ter realizado o disparo. O investigado responde em liberdade pelos crimes de porte e disparo de arma de fogo. Com relação à conduta das vítimas, não foi comprovada a prática de crime ambiental.

WhatsApp Image 2020 09 14 at 10.01.46

A Polícia Civil, através da Central de Plantão Policial (CPP), prendeu em flagrante quatro pessoas por furto qualificado e receptação, na manhã de sábado (12), em Balneário Camboriú.

Por volta das 09h, uma senhora manteve contato telefônico com a CPP noticiando que ao chegar do Rio Grande do Sul percebeu que sua residência, na Rua 1201, estava com portão e portas arrombadas, com diversos objetos subtraídos.

A Polícia Civil se deslocou até uma casa abandonada e localizou um casal usando crack em um dos quartos do lugar. No quarto foram encontrados parte dos objetos furtados horas atrás. Após a prisão dos primeiros suspeitos continuaram as diligências, as quais culminaram na identificação e localização de um veículo Kombi que transportou os objetos furtados. O motorista informou que fez um frete e entregou os objetos em uma residência na Rua Panamá, no Bairro das Nações.

No endereço foram abordados mais dois suspeitos, sendo verificado que a casa estava cheia objetos de origem duvidosa. A vítima reconheceu vários objetos furtados de sua residência. Nesta casa havia um suspeito com nove prisões em flagrante como furto e tráfico de drogas. Além dos objetos reconhecidos pela vítima havia outros objetos de origem duvidosa na residência como relógios, diversos óculos, bicicleta, semijoias, entre outros. Assim, quatro pessoas foram autuadas em flagrante.

O casal que estava na casa abandonada foi autuado por furto qualificado. As outras duas pessoas que estavam na Rua Panamá foram indiciadas por furto qualificado e receptação. Ao final do procedimento, foi oferecida representação pela prisão preventiva de três autores. A Justiça deferiu a prisão e eles foram encaminhados ao presídio do Vale do Itajaí.

WhatsApp Image 2020 09 14 at 10.01.48

WhatsApp Image 2020 09 13 at 11.53.14

Uma operação conjunta entre as Polícias civil e Militar resultou no cumprimento de nove mandados de prisão contra integrantes de uma organização criminosa que age dentro e fora dos presídios em Santa Catarina. A ação ocorreu no domingo (13).

As investigações iniciadas pela Delegacia de Polícia de Tijucas há dois anos tinham como objetivo identificar integrantes de uma facção criminosa que pratica diversos crimes, entre eles o tráfico de drogas.

Foram apreendidos 44 papelotes de cocaína na residência de um dos alvos. As diligências foram realizadas em Tijucas, Porto Belo e Camboriú. Após os procedimentos, os presos foram encaminhados ao presídio regional de Tijucas e ficarão à disposição da Justiça.

Durante a investigação foi possível constatar que os homens com funções de comando na organização criminosa cobravam mensalidades dos demais integrantes e, caso esses valores  não fossem pagos, esses criminosos em dívida com a organização recebiam "missões", que consistiam em ataques a repartições públicas, retaliação à criminosos rivais ou a prática de furtos/roubos de carros, motocicletas e armas. O integrante que não pagasse a mensalidade e que não cumprisse a "missão" recebida era punido com a morte.

WhatsApp Image 2020 09 14 at 09.32.22

 WhatsApp Image 2020 09 11 at 16.35.06

A Polícia Civil, por meio da Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Balneário Camboriú, prendeu na tarde de quinta-feira (10) em um apartamento no centro de Itajaí, um homem suspeito de aplicar diversos golpes por meio da internet.

Os golpes consistiam na publicação de anúncios falsos em sites de vendas, com ofertas dos mais variados tipos de equipamentos e objetos, como bicicletas, caixões e até mesmo equipamentos de materiais hospitalares como máscaras, luvas e respiradores.

O suspeito estava foragido do sistema penitenciário desde 2018 e possui um extenso histórico de registros policiais por crimes como estelionato, uso de documento falso e roubo. No local, foram apreendidos dinheiro, diversos aparelhos celulares, notebook, documentos relacionados aos golpes, documentos de identidade falsos e uma arma de fogo.

Outros dois homens que estavam no apartamento foram conduzidos para a DIC para serem inquiridos sobre os fatos, sendo liberados em seguida por não estarem em situação de flagrante. Já o suspeito dos golpes, após ser interrogado, foi encaminhado para o Presídio da Canhanduba, em Itajaí. A Polícia Civil instaurou inquérito policial para a devida apuração dos golpes aplicados, com vinculação dos outros suspeitos e identificação de possíveis vítimas.

 WhatsApp Image 2020 04 24 at 11.01.18

Em Itapema, foi esclarecido o homicídio de um homem morto a tiro no bairro Ilhota, na noite de 18 de julho deste ano. A ação é do Setor de Investigação Criminal (SIC) da Delegacia de Polícia da Comarca. Foram cumpridos dois mandados de prisão temporária contra duas pessoas, ainda em agosto, e uma terceira pessoa está foragida.

Na noite do crime, os autores dispararam mais de 40 tiros no imóvel e um deles atingiu a vítima. A motivação, em tese, ocorreu por um desentendimento entre duas adolescentes, sendo que o pai de uma delas, para separar a briga, empurrou a outra jovem ocasionando sua queda e causando-lhe escoriações. Em decorrência de tal fato, supostamente, os autores invadiram a casa da vítima e atiraram mais de 40 disparos no interior do imóvel, dos quais, um atingiu a vítima (o pai da adolescente). As investigações continuam no sentido de apontar outros autores e participantes do homicídio.