Conecte-se

FacebookTwitterInstagramYoutube

meu CARD MODELO NOVO 9

Nesta quinta-feira (11), a Polícia Civil concluiu investigação e esclareceu um homicídio ocorrido em Balneário Camboriú. As apurações foram por meio da Divisão de Investigação Criminal (DIC).

O crime ocorreu no dia 04/02/2021, no Bairro Vila Real, quando a vítima foi morta com 04 disparos de arma de fogo e 15 golpes de faca.

As investigações apuraram que o crime foi motivado por uma desavença relacionada a uma transação envolvendo drogas. Também, verificou-se que o autor não agiu sozinho, contando com a participação da sua companheira, a qual também foi indiciada.

O indiciado foi preso no dia 18/02/2021, na cidade de Terra de Areia no Rio Grande do Sul, em virtude do deferimento de mandado de prisão temporária. Durante o cumprimento do mandado de prisão, ele foi preso em flagrante pelo crime de tráfico de drogas, razão pela qual encontra-se preso até o presente momento.

 

viaturapcsc

Uma ação conjunta entre a Polícia Civil e Polícia Militar resultou na apreensão de um adolescente suspeito de homicídio. Foi na noite de terça-feira (09), no bairro Morretes, em Itapema.

Ele é suspeito de ter matado um homem de 19 anos com pedradas. A vítima foi encontrada com queimaduras pelo corpo no ano passado, na Estrada Geral do Sertão do Trombudo. Na época, três suspeitos foram detidos, um homem de 19 anos e dois adolescentes.

Com isso, o caso foi encerrado, já que os procedimentos de investigações foram concluídos pela Polícia Civil ainda em 2020.

 Logo novo PNG

A Polícia Civil autuou em flagrante um motorista de Caminhão por tentativa de homicídio na BR-101, no litoral Norte de Santa Catarina. Foi na tarde de sábado (06).

O motorista foi autuado na Central de Plantão Policial (CPP), em Balneário Camboriú, por tentativa de homicídio qualificado pela utilização de recurso que impossibilitou a defesa da vítima; por conduzir veículo automotor com capacidade psicomotora alterada em razão da influência de álcool ou de outra substância psicoativa que determine dependência; fuga de local de acidente de trânsito e posse de drogas para consumo próprio (foi encontrado dentro do caminhão uma porção de cocaína).

O Auto de Prisão em Flagrante segue agora para o Judiciário. O caso foi encaminhado pela Polícia Rodoviária Federal e a Polícia Militar, que o prenderam na BR-101. O motorista do caminhão colidiu na traseira de uma motocicleta e seguiu em frente sem prestar socorro.

O teste de embriaguez ao volante em virtude de álcool (etilômetro) feito no motorista deu negativo, mas os policiais rodoviários federais fizeram o auto de constatação em virtude da utilização de droga.

Captura de Tela 2021 03 04 as 16.55.37

Uma ação conjunta das Polícias Civil e Militar resultou no cumprimento da prisão preventiva de três homens suspeitos de tráfico de drogas e de aliciamento de adolescentes. Foi nesta quinta-feira (04), em Porto Belo.

Durante a ação, foi efetuado o cumprimento de um mandado de busca e apreensão na residência ocupada por eles, sendo apreendidos drogas, balança, anotações e aparelhos de telefone celular.

Um dos presos é suspeito de integrar uma facção criminosa. As prisões são resultado de investigações realizadas desde dezembro de 2020 pela Delegacia de Polícia de Porto Belo e após diversas apreensões de drogas e adolescentes infratores feitas pela Polícia Militar no bairro Perequê. Uma adolescente já havia sido internada provisoriamente por tráfico naquele local.

A ação apurou que os três presos estavam associados para a venda da droga e aliciaram pelo menos oito adolescentes, os quais ficariam responsáveis pela venda e guarda da droga nos pontos de venda.

Os presos responderão por tráfico de drogas, cuja pena é de 5 a 15 anos de reclusão e associação para o tráfico, com pena de três a dez anos, com a causa de aumento de pena por aliciar adolescentes. Eles foram encaminhados ao Presídio Regional de Tijucas.

 WhatsApp Image 2021 03 03 at 19.49.25

A Polícia Civil indiciou uma mulher por ter chutado um cão durante uma discussão, levando o animal à morte, em Bombinhas. Ela foi indiciada pelo crime de maus-tratos a animais, previsto na Lei de Crimes Ambientais (Lei nº 9.605/98).

Na madrugada de 19/02/2021, em meio a uma discussão no bairro José Amândio, a suspeita chutou o cão, cujo tutor era um dos envolvidos na briga. O animal foi socorrido e levado a uma clínica veterinária pela ONG Protetores dos Animais de Bombinhas. Embora submetido a tratamento, o animal acabou falecendo.

Segundo o Delegado de Polícia Ricardo Melo, o crime de maus tratos a animais, previsto na Lei de Crimes Ambientais (Lei nº 9.605/98), quando for praticado contra cães e gatos, teve sua pena aumentada no ano de 2020, para reclusão de 2 a 5 anos, cabendo, desta forma, a autuação do autor em flagrante, preso sem possibilidade de prestação de fiança na Delegacia.