Conecte-se

FacebookTwitterInstagramYoutube

POLICIA CIVIL COLETE TRÁS

A Polícia Civil prendeu em flagrante um casal, em Rodeio, na quinta-feira (19). O motivo é o crime previsto no artigo 242 do Código Penal (dar parto alheio como próprio; registrar como seu o filho de outrem; ocultar recém-nascido ou substituí-lo, suprimindo ou alterando direito inerente ao estado civil). A ação é da Delegacia de Polícia da Comarca de Ascurra.

As diligências foram realizadas em uma residência no bairro Rodeio 12, no qual foi encontrada uma criança de cerca de dois meses e que estaria residindo no local como se fosse filha do casal.

Durante as investigações foi constatado que a criança seria filha de uma mulher que reside em Curitiba e que o local de nascimento foi a cidade de São Bento do Sul. Após isso a criança teria sido colocada à disposição do casal, moradores de Rodeio, que vinham acompanhando toda a gestação.

No imóvel havia diversos elementos comprovando que a criança residia naquele local, tais como: quadros, berço, brinquedos, roupas, objetos de higiene, lembrancinhas (de um possível chá de bebê). Ainda, foi possível demonstrar que o casal fez um "book fotográfico" com a criança como se fossem pais.

Com base nas informações obtidas constatou-se que o casal estaria ocultando a criança. As investigações continuam em andamento para identificar se houve alguma espécie de pagamento pela criança para a sua genitora biológica. Os conduzidos foram encaminhados para a Delegacia de Polícia Civil da Comarca de Ascurra.