brasao

Nesta quinta-feira (19), a Polícia Civil de Santa Catarina, por meio da Divisão de Investigação Criminal (DIC/PCSC) de Caçador, prendeu o suspeito de matar e esquartejar um homem em abril deste ano. O homem foi preso em uma reserva indígena entre os municípios de Calmon e Porto União.

A ossada do corpo foi encontrada há pouco menos de um mês, quando a Polícia Civil foi informada que, em uma área de mata próxima ao kartódromo de Caçador, poderia ser encontrado o corpo de uma pessoa desaparecida.

Com a localização dos restos mortais, a DIC/PCSC iniciou as investigações e reuniu elementos que apontaram para o suspeito do crime. De posse das provas, a Polícia Civil representou pela prisão temporária do suspeito e o pedido foi deferido pelo Poder Judiciário.

Após interrogado, o preso foi encaminhado ao presídio de Caçador. As investigações continuam com a colheita de novos depoimentos, enquanto se aguarda o exame de DNA da ossada encontrada para a confirmação da identidade da vítima.

A Polícia Civil pede que, caso alguém tenha informações sobre o crime ou da localização do restante do corpo, que denuncie através do 181 ou diretamente em uma das delegacias de polícia. É garantido o anonimato.