Conecte-se

FacebookTwitterInstagramYoutube

 WhatsApp Image 2022 05 13 at 17.40.40

A Polícia Civil de Santa Catarina, por meio do Centro Estadual de Apoio Operacional de Combate aos Crimes Contra o Agronegócio (CAOAGRO/PCSC), participa da XV Feira Agropecuária, de Indústria e Comércio de Campos Novos (Expo Campos 2022).

Há um espaço em que a Instituição apresenta o CAOAGRO/PCSC. Um dos objetivos é demonstrar como a integração entre a tecnologia e a investigação pode ajudar na resolução dos crimes em áreas rurais e contra o agronegócio.

No evento, as áreas mais importantes do setor se unem para trazer ao produtor rural novidades e inovações relevantes para o trabalho e a vida no campo. A feira está sendo realizada no Parque de Exposições Leônidas Rupp, às margens da BR-282, nos dias 13, 14 e 15 de maio, em Campos Novos.

 COLETE TRÁS

Na tarde de segunda-feira (28), a Polícia Civil efetuou a prisão em flagrante de um homem de 19 anos, em Campos Novos. Ele é suspeito de quatro mortes de cães, em Campos Novos.

No início de março, a Polícia Civil foi comunicada pelo grupo ANA acerca de um jovem que estaria recolhendo animais de rua e que havia suspeita de que ele os maltratava, havendo suspeitas no sentido de que os animais estariam sendo mortos.

A Polícia Civil efetuou diligências e identificou a casa dele. Na ocasião, nada que pudesse comprovar a suspeita foi confirmada, tendo o suspeito informado que realmente recolhia os animais abandonados. Porém, alegou que o fazia com a finalidade de utilizá-los para caçar e que, após a caçada, soltava-os. Na oportunidade, nenhum cão foi encontrado no local.

Na segunda-feira, a Polícia Civil foi comunicada acerca do encontro, na casa do suspeito, de um recipiente contendo um órgão semelhante a um coração de animal, efetuando a apreensão e encaminhando o órgão para a perícia. Após a apreensão do recipiente, a Polícia Civil foi comunicada por um familiar dele que este estaria dentro de um banheiro da sua casa com um cachorro amarrado em uma corda e que também estaria com uma faca e com um saco de lixo.

A Polícia Civil se deslocou ao local, verificando que ele teria saído da residência. A Polícia Civil o encontrou próximo a um galpão crioulo. Ele se encontrava apenas com seu cão de estimação e com uma corda. Durante a abordagem, os policiais verificaram que a corda apresentava vestígios de sangue, havendo vestígios também nas roupas e nas mãos dele. O suspeito confessou que havia matado o animal, mostrando o local em que o havia deixado.

Com a indicação do local, a Polícia Civil se deslocou até a localidade, tratando-se de uma mata às margens da rodovia. No local, a equipe visualizou uma pedra, a qual, segundo o homem, foi utilizada para atingir o animal. Enquanto manuseava a pedra, um policial civil escutou uma respiração, descobrindo que o animal se encontrava vivo embaixo de galhos, matos e a pedra utilizada para feri-lo.

Assim que localizado, o animal foi levado para atendimento veterinário. Na Delegacia de Polícia, durante o interrogatório, o homem confessou que matou, no total, 04 cães. Com a informação, a Polícia Civil comunicou a ANA, cuja equipe localizou a ossada de três animais. Ele foi preso em flagrante pelo crime de maus-tratos referente ao animal encontrado, sendo também imputado a ele a prática de 04 crimes de maus-tratos.

WhatsApp Image 2022 02 24 at 09.56.38

Na manhã desta quinta-feira (24), a Polícia Civil de Santa Catarina, por meio da Delegacia de Polícia da Comarca de Campos Novos, juntamente com a Polícia Militar, deflagrou uma operação conjunta com a finalidade de combater o tráfico de drogas e o crime organizado em Campos Novos.

Ao total foram cumpridos seis mandados de prisão, além de um mandado de busca e apreensão, todos relacionados ao crime organizado e ao tráfico de drogas. 

Durante a operação, quatro homens foram presos, sendo que três deles já se encontravam no sistema prisional. Dois continuam foragidos. Além disso, durante o cumprimento da busca e apreensão foram encontradas porções de maconha, cocaína e ecstasy.

 

 WhatsApp Image 2021 11 25 at 08.12.54

Na manhã desta quinta-feira (25), a Polícia Civil e a Polícia Militar realizam uma operação conjunta no bairro Integração, em Campos Novos, no Meio-Oeste de Santa Catarina. Houve três prisões e apreensão de drogas.

Estão sendo cumpridos 12 ordens judiciais, sendo 09 mandados de busca e apreensão e 03 de mandados de prisão.

Os alvos da operação foram investigados pela Polícia Civil nos últimos meses, Em especial, pelos seus envolvimentos no crime organizado e participação em alguns homicídios socorridos recentemente.

Apreensões

Foram apreendidas drogas como cocaína, crack, maconha e ecstasy, além de balança.

Participam da operação cerca de 50 policiais civis e militares, das cidades de Campos Novos, Joaçaba, Herval d’Oeste, Catanduvas, e dos Núcleos de Operações com Cães (NOCs/PCSC) da Polícia Civil de Xanxerê, São Lourenço do Oeste e Santa Cecília.

WhatsApp Image 2021 11 25 at 06.55.53

WhatsApp Image 2021 11 25 at 07.45.41

camposnovos

WhatsApp Image 2021 10 26 at 16.59.36

Nesta terça-feira (26), a Polícia Civil de Santa Catarina, por meio da Divisão de Investigação Criminal (DIC/PCSC) de Campos Novos, cumpriu um mandado de busca e apreensão e prendeu em flagrante um homem por posse ilegal de arma de fogo, munições e contrabando de cigarros.

A equipe de investigação teve acesso a imagens na qual o investigado aparece portando armas de fogo, o que gerou a expedição de mandado de busca e apreensão, já que o homem não tem armas registradas em seu nome.

Durante a busca, a Polícia Civil localizou uma pistola e diversas munições calibre .38 e calibre .32. Além disso, foram localizados aproximadamente 270 maços de cigarros em um quarto da casa e quase 2.000 maços de cigarros no interior de um veículo, que se encontrava na garagem.

O homem, alvo da busca e apreensão, é conhecido na cidade por supostamente comercializar cigarros oriundos do Paraguai. Após a localização dos objetos ilícitos, o investigado foi preso em flagrante e encaminhado para a Polícia Federal de Lages para a formalização do procedimento, pois se trata de crime de competência da Justiça Federal.

WhatsApp Image 2021 10 26 at 16.59.40