Conecte-se

FacebookTwitterInstagramYoutube

 dfe2f014 18e4 497c adf2 f76a91421dd6

A Polícia Civil e a Vigilância Sanitária realizaram a incineração de 424 quilos de drogas apreendidas em Chapecó. A ação ocorreu na sexta-feira (03), por meio da Divisão de Investigação Criminal (DIC/PCSC) de Fronteira de Chapecó.

Os entorpecentes foram apreendidos em vários procedimentos lavrados pelas Delegacias de Polícia de Chapecó e região.

A atuação da investigação da Polícia Civil nos casos de tráfico de drogas acarreta nas apreensões de substâncias ilícitas, as quais passam por análise pericial da Polícia Científica, subsidiando a atuação do Ministério Público e do Poder Judiciário à responsabilização dos envolvidos. Após os trâmites legais, então, é realizada a destruição das substâncias por incineração.

3bcec8b8 fd35 4f46 8183 6d36c6016a44

 Viatura 20

A Polícia Civil, por meio da Delegacia de Polícia de Repressão a Roubos e Furtos de Chapecó, no Oeste, prendeu preventivamente na tarde de terça-feira (31) dois suspeitos de associação criminosa e furto de veículos praticados desde fevereiro deste ano.

Os suspeitos, na companhia da esposa de um dos investigados, ainda não localizada, furtavam a placa de um determinado veículo e, depois furtavam um veículo com as mesmas características do automóvel que teve a placa furtada.

Os suspeitos então acoplavam a placa furtada de um veículo no veículo inteiramente furtado, realizando a comercialização como veículo "bruxo", aquele, geralmente, com restrição judicial de busca e apreensão. Os investigados venderam mais de dez automóveis, os quais foram furtados pelos próprios suspeitos.

As investigações pelos policiais civis demonstram os momentos dos furtos de veículos, bem como o reconhecimento dos suspeitos pelas supostas vítimas. Diante disso, a Polícia Civil representou pela prisão preventiva dos investigados, exceto da mulher de um dos envolvidos.

Flagrante

Antes do deferimento da prisão preventiva, os suspeitos chegaram a ser presos em flagrante, no dia 20 de maio, deste ano, e naquela ocasião estavam comercializando automóvel furtado pelos próprios investigados, após alteração no sinal identificador do veículo automor. Depois de presos, eles foram conduzidos para a Delegacia de Repressão a Roubos e Furtos de Chapecó a fim de serem interrogados e após encaminhados ao sistema prisional.

chapecoescolas01

Esta semana, a Polícia Civil e a Guarda Municipal de Chapecó visitaram as Escolas Pedro Maciel e Professor Nelson Horostecki, em Chapecó.

As visitas aconteceram na segunda-feira (23) e na terça-feira (31). O objetivo da visita foi o da apresentação dos cães farejadores que realizam atividade de auxílio e de fiscalização das forças de segurança.

Na oportunidade, houve a explanação sobre a cinotecnia policial e a importância dessa técnica para prevenir e coibir alguns atos ilícitos, inclusive em ambiente escolar.

chapecoescolas

06ef4cf5 68e1 40c4 8ba2 68f14922ce4c

Dois policiais civis do Serviço Aeropolicial de Fronteira (SAERFon/PCSC) da Polícia Civil de Santa Catarina se formaram no curso de Primeiros Socorros em Atividade Policial (PSAP) do Setor de Ensino Operacional (SEOP). A iniciativa foi ministrada pela Polícia Federal, na Superintendência da PF, em Florianópolis.

As aulas ocorreram entre os dias 23 a 27 de maio. Durante o curso, foram passados seus princípios e o planejamento do Atendimento Pré Hospitalar Policial (APH-P), com protocolos de controle de hemorragia, sinais e sintomas, suporte básico de vida, parada cardiorrespiratória, traumatismo cranioencefálico, obstrução de vias aéreas, acidente vascular cerebral, acidente veicular, entre outros.

31abb5bb f360 4861 abd3 dbcbfe3d3bd4

ce5542f5 3b82 43d3 8460 2bfb84a13d85

6581af56 9ec0 4ed5 8a68 1282094cc51a

0dbb427c 1778 431d bc06 1aa4355c5188

A Polícia Civil identificou e prendeu duas pessoas suspeitas de serem principais integrantes de uma facção criminosa responsável pelo tráfico de drogas na região de Chapecó, Oeste de Santa Catarina.

A ação é da Divisão de Investigação Criminal (DIC/PCSC) de Chapecó. Foram cumpridas buscas, que contaram com o apoio da Polícia Penal. Os trabalhos consistem em operações de combate ao tráfico de drogas e ao crime organizado.

O primeiro mandado de prisão preventiva foi cumprido na tarde de segunda-feira (23), na Penitenciária Industrial de Chapecó, quando também foram realizadas buscas em cela habitada pelo integrante do grupo.

Na ação, que contou com o apoio dos agentes da Polícia Penal de Chapecó, foram apreendidos diversos escritos das atividades e da contabilidade do grupo criminoso, além de aparelhos celulares, que permitirão que a investigação avance na identificação de outros suspeitos.

Na quarta-feira (25), outra integrante do mesmo grupo foi presa pelos investigadores da DIC/PCSC, em cumprimento de mandado de prisão expedido pelo Judiciário após representação da Polícia Civil.

A investigação apurou que os dois seriam os proprietários de drogas (1,7 quilo de cocaína, 460 gramas de maconha e 180 gramas de crack) apreendidas em 22/03/2022 pela 1ª Delegacia de Polícia de Chapecó, no distrito Marechal Bormann. Naquela ocasião, o comparsa da mulher e do homem, também membro da facção criminosa, atropelou o delegado de polícia durante tentativa de fuga e foi preso.

Além da propriedade da droga, a investigação demonstra o envolvimento dos dois em outros delitos, assim como a existência de outros membros do mesmo grupo criminoso em Chapecó. A mulher foi encaminhada ao Complexo Penitenciário de Chapecó. A investigação prosseguirá para a apuração completa dos ilícitos.