Conecte-se

FacebookTwitterInstagramYoutube

logobanner

A Polícia Civil concluiu inquérito policial sobre o crime de homicídio qualificado ocorrido no dia 10/2/2021, no Bairro Nova Brasília, em Concórdia, e indiciou quatro pessoas. A ação é da Divisão de Investigação Criminal (DIC/Fron).

Durante a investigação, a Polícia Civil angariou elementos de informação indicando que o crime teria sido motivado por desentendimentos relacionados à aquisição de um veículo por parte de uma irmã de um dos indiciados com um irmão do ofendido. Além disso, a vítima poderia ter vinculação com um grupo criminoso rival ao grupo integrado pelos indiciados.

Ao final da apuração, os investigados foram indiciados pela prática do crime previsto no artigo 121, § 2º, incisos II e IV, c/c artigo 29, ambos do Código Penal. A Polícia Civil representou pela prisão preventiva dos indiciados.

concordiaapreensao

A Polícia Civil cumpriu na tarde desta terça-feira (02) um mandado de prisão preventiva contra um homem e ainda o prendeu em flagrante por tráfico de drogas e posse arma de fogo e de munições de uso permitido, na Linha Irani, em Paial.

Foram apreendidos um revólver calibre .32, 12 munições do mesmo calibre, além de cerca de 300 gramas de cocaína.

A ação é da Divisão de Investigação Criminal (DIC/Fron) de Concórdia, com o apoio da DP/Fron de Seara e Paial e do Núcleo de Operações com Cães (NOC/PCSC) de Chapecó. O homem de 40 anos é investigado por tráfico de drogas e associação para o tráfico de drogas por ser o proprietário dos 26 quilos de maconha apreendidos no dia 26/01/2021.

Ele foi autuado em flagrante. O inquérito policial contra ele ainda está em andamento e deverá ser indiciado pela prática dos crimes previstos nos artigos 33 e 35 da Lei nº 11.343/2006, e no artigo 12 da Lei nº 10.826/2003. O preso foi encaminhado ao Presídio Regional de Concórdia.

 WhatsApp Image 2021 03 02 at 10.52.24

Duas pessoas foram presas em uma ação conjunta da Polícia Civil e da Polícia Militar pelo golpe do cartão clonado, em Concórdia. Foram apreendidos máquinas de cartão de crédito, cartões, dinheiro, celulares e maconha.

As prisões ocorreram na segunda-feira (01) por meio do Setor de Investigações e Capturas (SIC) da Delegacia de Polícia da Comarca, da Divisão de Investigação Criminal (DIC) e da PM.

Os presos são um homem de 27 anos e uma mulher de 19 anos. Eles foram autuados em flagrante por estelionato e uso de documento falso.

Conforme as investigações, houve várias vítimas em Concórdia. Trata-se de um golpe em que os estelionatários, se passando por funcionários de instituições bancárias fazem contatos com a vítima afirmando que tiveram seus cartões clonados, e em seguida se deslocam até a residência para recolherem os cartões bancários com o pretexto de bloqueá-los e encaminhar à Polícia Federal. Assim, na posse dos cartões realizam transações, lesando as vítimas.

Alerta

A Polícia Civil reforça à população que as instituições bancárias não solicitam recolhimento do cartão. Assim, quando houver dúvida sobre a segurança de sua conta, entre em contato pessoalmente com os representantes do seu banco, e, caso seja informado por meio de ligação, não forneça sua senha.

Denúncias podem ser dadas ao 181 ou WhatsApp (48) 98844-0011.

brasaoo

A Polícia Civil cumpriu dois mandados de prisão temporária e três mandados de busca e apreensão expedidos pela Justiça relacionados ao inquérito policial que apura um homicídio doloso ocorrido no dia 10/2/2021, em Concórdia. A ação é da Divisão de Investigação Criminal (DIC/Fron), com o apoio da equipe de investigação do SIC da DP/Fron.

Na quinta-feira (25), as diligências foram realizadas no distrito de Santo Antônio, em Concórdia, quando foram cumpridos o mandado de prisão temporária de um investigado de 26 anos e um mandado de busca e apreensão em sua residência.

Nesta sexta-feira (26), as diligências foram realizadas no Bairro Bom Pastor, em Concórdia, quando foram cumpridos o mandado de prisão temporária de outro investigado de 26 anos, e um mandado de busca e apreensão em sua casa. Também foi cumprido um mandado de busca e apreensão em uma residência no Bairro Flamengo.

As diligências fazem parte da investigação em andamento. Os presos foram encaminhados ao Presídio Regional de Concórdia. A investigação prossegue e o inquérito policial deverá ser encaminhado à Justiça em 30 dias.

 pc giro noite

A Polícia Civil cumpriu mais um mandado de prisão temporária expedido pelo Judiciário nas investigações que apuram o triplo homicídio ocorrido em Quilombo na madrugada de 30/01/2021. A prisão foi na tarde de quarta-feira (24) por meio da Divisão de Investigação Criminal de Fronteira (DIC-Fron) de Concórdia.

As investigações estão em andamento pela Divisão de Investigação Criminal de Fronteira (DIC-Fron) de São Lourenço do Oeste.

O homem de 36 anos foi preso no distrito de Santo Antônio, em Concórdia. Esta é a quarta prisão do caso. Assim como as três prisões anteriores, o pedido da Polícia Civil pela prisão foi como medida imprescindível para as investigações no sentido de esclarecer os fatos e garantir a colheita de provas nos trabalhos. As investigações prosseguem em sigilo.