Conecte-se

FacebookTwitterInstagramYoutube

 viatura cima

A Polícia Civil, através da Delegacia de Polícia de Cocal do Sul, desencadeou na manhã desta quinta-feira (14) uma operação em Cocal do Sul, no Sul do Estado, em combate ao crime de tráfico de drogas. Duas pessoas foram presas.

Foram cumpridos 04 mandados de busca e apreensão nos bairros São João e Linha Tigre, em endereços de investigados pelo narcotráfico. Foi preso temporariamente um investigado de 46 anos, que já havia sido condenado por tráfico, tendo cumprido pena. Depois de sua saída, voltou a traficar drogas. Ele foi autuado em flagrante na Linha Tigre na posse de drogas.

Outro preso foi um homem de 21 anos, autuado em flagrante no Bairro São João por tráfico de drogas. Ele estava na posse de drogas, munição calibre 9mm e celulares.

Participaram da operação o Núcleo do NOC/K9 da Polícia Civil de Criciúma, o Saer Sul da PCSC e policiais civis de Cocal do Sul, Urussanga, Morro da Fumaça, Orleans e Lauro Muller.

1b05d1c8 09aa 49ef b29f ec4f7421b8d7

Na terça-feira (12), dia das Crianças, a Polícia Civil de Santa Catarina participou do evento "Criança no Parque", promovido pela administração do Parque das Nações Cincinato Naspolini, em Criciúma. Na oportunidade, as entidades participantes se posicionaram na área central do parque com suas viaturas, equipamentos e cães policiais e interagiram com os visitantes, em especial com as crianças e seus pais.

Os policiais civis repassaram informações sobre a estrutura da Polícia Civil e seus canais de comunicação (Disque denúncia, Delegacia Virtual, entre outros), bem como sobre a rotina e projetos juntos à Delegacia de Polícia de Proteção à Criança, ao Adolescente, à Mulher e ao Idoso (DPCAMI/PCSC). Durante o evento, foi fomentada ainda a doação de sangue.

A Polícia Civil participou do evento por meio da Delegacia Regional de Polícia de Criciúma, do Núcleo de Operações com Cães da Polícia Civil, da DPCAMI da Criciúma e da 2ª Delegacia de Polícia de Criciúma.

38b15b6e bc64 422c 8a23 1346f80128ee

Viatura Sirene Dia

Na sexta-feira (8), a Polícia Civil de Santa Catarina, por meio da Delegacia de Polícia da Comarca de Orleans, deu cumprimento a um mandado de prisão, decretado por sentença definitiva, em razão da prática do crime de estupro de vulnerável.

O crime ocorreu em Orleans no ano de 2017. Segundo a investigação, a esposa do autor havia sido babá da vítima e, por isso, a criança frequentava a casa do agressor.

A mãe da vítima percebeu sinais de violência sexual na criança e procurou a polícia, que iniciou as investigações. Foi apurado, após perícia, que o autor praticou atos libidinosos contra a criança.

O preso foi conduzido ao Presídio Santa Augusta, em Criciúma, e permanece à disposição da Justiça.

brasao

Nesta quarta-feira (6), a Polícia Civil de Santa Catarina prendeu o último alvo da Operação "Hefesto", em Araranguá. A prisão, realizada pela Divisão de Investigação Criminal de Criciúma, foi a sétima desde o início da operação.

Na segunda fase da investigação, foram instaurados dois novos inquéritos, um para apurar o crime de usura pecuniária e outro por lavagem de dinheiro.

No inquérito inicial, há apuração de crimes de receptação, furto de gado, compra e venda de armas e munições e organização criminosa.

Os cumprimentos dos sete mandados foram realizados por policiais civis de Urussanga, Cocal do Sul, Morro da Fumaça e da Coordenadoria de Operações e Recursos Especiais (CORE/PCSC) da Polícia Civil de Santa Catarina, como apoio do MPSC.

Primeira fase da operação

No dia 16 de setembro, a Polícia Civil de Santa Catarina, através da Delegacia de Polícia de Morro da Fumaça, deu início à operação Hefesto, que visa cumprir diversas medidas cautelares decorrentes de duas investigações iniciadas em maio de 2021.

São apurados crimes de tráfico de drogas, associação para o tráfico, receptação, furto de gado, venda de carne de equinos/mula moídos para consumo humano, posse e venda de armas, venda de produto veterinário falsificado e organização criminosa.

Durante a primeira fase da operação, foram presas cinco pessoas em flagrante, duas por tráfico de drogas e associação para o tráfico, uma por desacato e duas por crime contra o consumidor e associação criminosa.

Além disso, foram apreendidos cerca de 520 quilos de carne, drogas, cinco armas, diversas munições, cheques e dinheiro.

banner3

Nesta quarta-feira (06), a Polícia Civil de Santa Catarina cumpriu um mandado de internação de um adolescente de 13 anos suspeito de ter sido um dos autores de um homicídio de um homem, com 17 facadas, no dia 30 de julho deste ano, em Criciúma. A apreensão foi realizada pela Divisão de Investigação Criminal (DIC/PCSC) de Criciúma, através da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa.

Segundo investigações, o crime foi cometido por três pessoas. Um dos suspeitos de ter participado do homicídio já tinha sido preso, preventivamente, no dia 29 de setembro. Já a outra investigada continua foragida.
O adolescente foi encaminhado à Delegacia de Proteção à Criança, ao Adolescente, à Mulher e ao Idoso (DPCAMI/PCSC), onde será providenciada a sua internação junto ao Centro de Atendimento Socioeducativo (CASE) local.