Conecte-se

FacebookTwitterInstagramYoutube

WhatsApp Image 2020 01 14 at 16.52.57

Santa Catarina contará com um robô antibomba. O equipamento equipado com câmeras de alta definição capazes de identificar e manusear objetos estranhos com segurança foi doado pela Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp) à Polícia Militar.

O ato de entrega aconteceu na tarde desta terça-feira (14), em Florianópolis, com a presença do secretário nacional de Segurança Pública interino, Freibergue Rubem do Nascimento, da governadora em exercício, Daniela Reinehr e do diretor da Força Nacional de Segurança Pública, coronel Antônio Aginaldo de Oliveira.

O presidente do Colegiado Superior de Segurança Pública e Delegado Geral, Paulo Koerich, também prestigiou a solenidade realizada no comando-geral da Polícia Militar, a instituição que recebeu o robô. Em discurso, Koerich destacou a queda dos índices criminais de Santa Catarina e o desafio das instituições de segurança em mantê-los e melhorá-los. Também participaram pelo Colegiado o comandante-geral da PM, coronel Araújo Gomes; o comandante-geral do Corpo de Bombeiros, coronel Charles Vieira; o perito-geral adjunto do IGP, Júlio Fernandes e a Diretora Geral da SSP, delegada Luciana Pinto Maciel.

No ato, houve uma apresentação das instituições de segurança ao secretário nacional de Segurança. Pela Polícia Civil, coube ao gerente de Planejamento, Gustavo Madeira, fazer uma breve exposição das ações realizadas. Por exemplo: as 669 operações policiais em 2019; o Programa PC Por Elas; a iniciativa Espelho Meu; os grupos reflexivos com homens autores de violência e as atividades realizadas com adolescentes em escolas públicas.

A governadora em exercício, que recepcionou as autoridades federais ainda pela manhã, agradeceu à doação do Governo Federal e disse que a máquina ajudará não apenas na desativação de artefatos explosivos, mas também na preservação da vidas dos agentes de segurança.

“Esse equipamento será manutenido pelo Governo do Estado e agora vem de forma definitiva. Agradecemos à Senasp por ter feito essa cessão. O robô será essencial, pois é um equipamento que agrega muito não apenas na qualidade do trabalho do policial, mas também na Segurança Pública como um todo, ajudando a melhorar nossos índices”, destacou a governadora.

O robô antibomba

O equipamento repassado pela Senasp será utilizado pelo Comando de Operações de Busca, Resgate e Assaulto (Cobra), um grupo especializado para agir em intervenções envolvendo explosivos. Caso detectem algo suspeito, poderão utilizar o robô para acessar o perímetro de risco. O equipamento também pode ser utilizado em outras situações, como casos envolvendo armas químicas, biológicas ou em negociação com alguém que porte arma de fogo.

Fotos: Ricardo Wolffenbüttel/Secom e Divulgação PC.

WhatsApp Image 2020 01 14 at 16.53.47

WhatsApp Image 2020 01 14 at 16.54.23