Conecte-se

FacebookTwitterInstagramYoutube

 WhatsApp Image 2020 06 04 at 11.08.45

A Justiça condenou 28 investigados pela Polícia Civil, por meio da Central de Investigação do Continente (CICON), na Operação Headhunters. A sentença é da Vara Criminal da Região Metropolitana de Florianópolis.

A grande maioria dos indiciados nas operações desencadeadas pela CICON, principalmente a de 2017, na comunidade Maloca, no bairro Capoeiras, na Capital, foi condenada pelo Judiciário. As apurações foram exaustivamente realizadas no intuito de verificar a participação dos suspeitos em duas organizações criminosas que estavam agindo na região.

Segundo o delegado João Fleury, que presidiu os trabalhos, as investigações foram divididas em diversas etapas, sendo que ao final de um volumoso inquérito policial foi possível provar a existência e as participações dos suspeitos nas mencionadas organizações criminosas. Ademais, após a denúncia elaborada pela 39ª Promotoria da Capital, os indiciados foram levados a julgamento, sendo que dos 35 indiciados, 28 foram devidamente condenados e ainda houve desmembramento do feito em relação a um dos acusados.

“As diligências na época foram realizadas por todos os policiais que exerciam as funções na CICON, que de forma elogiável não mediram esforços para angariar tal resultado. Também não podemos deixar de mencionar que houve troca de informações constantes com os policiais do 22º BPM, que sempre auxiliaram com trocas de informações”, destaca o delegado.