Conecte-se

FacebookTwitterInstagramYoutube

WhatsApp Image 2021 09 01 at 14.57.30 4

Três agentes de polícia Civil da 6ª Delegacia de Polícia da Capital foram homenageados pela Assembleia Legislativa de Santa Catarina ao ajudarem na evacuação de moradores em um prédio em Florianópolis, durante incêndio ocorrido no 11° andar, no dia 14 de agosto. 

Os agentes de Polícia Civil Yandra Noronha, Gustavo Figueiró Baldi e Diogo José Thibes Vargas estavam trabalhando em regime de plantão na delegacia, quando perceberam um incêndio que ocorria em um prédio próximo ao local. Os agentes acionaram o Corpo de Bombeiros e, munidos de apenas um extintor de incêndio, auxiliaram na evacuação de várias pessoas que lá estavam. 

Em seguida, os Bombeiros chegaram e o incêndio foi controlado. Os agentes de polícia foram os últimos a saírem do prédio. O pedido de moção de aplausos foi feito pelo deputado Tiago Bolan Frigo. 

3c03c49a 64c4 4968 8813 13f9dee36b28

A Polícia Civil prendeu em flagrante na manhã desta quinta-feira (2), na Praia do Campeche, Sul da Ilha, um homem de 26 anos, natural de São Paulo, com 3,5 quilos de maconha. A droga estava acondicionada no quarto do suspeito, junto de balanças de precisão e material para embalar e fracionar entorpecentes.

Além das drogas, também foram apreendidas sementes para o plantio de maconha, pequenas porções de Skank e alguns comprimidos e selos. A ação foi da Delegacia de Combate às Drogas da Capital – DECOD. O suspeito foi autuado em flagrante e conduzido ao sistema prisional.

da8ea1c6 dc65 4219 901e d513d3821c01

735a20a0 e07c 43d0 8c0c 6c406b86207f

 

Setembro Amarelo Card Carrossel 5 05 1

Com a temática “Sua vida importa, a gente se importa”, a Polícia Civil de Santa Catarina, neste dia 1 de setembro, lançou material informativo alertando a população sobre o elevado número de casos de suicídio no Brasil. Segundo dados divulgados pela Associação Brasileira de Psiquiatria – ABP, somente no Brasil, são registrados aproximadamente 12 mil casos de suicídio por ano. 

Entre os principais fatores de riscos associados ao suicídio estão doenças incapacitantes, impulsividade e agressividade, isolamento social, doenças mentais e ocorrência de abusos sexuais durante a infância. 

“A Polícia Civil participa de todas as campanhas que temos durante o ano e nós não poderíamos deixar de participar dessa campanha de combate ao suicídio, porque, infelizmente, muitas pessoas chegam nesse momento extremo. É necessária uma reflexão para que a gente possa identificar quando nós temos que agir e auxiliar para que nós possamos minimizar esse tipo de ato”, destaca o delegado-geral da Polícia Civil de Santa Catarina, Paulo Koerich. 

Se você está tendo problemas relacionados à sua saúde mental ou conhece alguém que está passando por alguma dificuldade, procure ajuda profissional ou ligue para a rede de apoio “Como vai você?” discando o número 188. 

WhatsApp Image 2021 08 31 at 17.54.46 1

Na tarde desta terça-feira (31), foi lançado o site do Observatório da Violência contra a Mulher de Santa Catarina (OVM/SC). A apresentação aconteceu de forma virtual e reuniu representantes das instituições integrantes do observatório. A criação do Observatório é uma iniciativa da Assembleia Legislativa de Santa Catarina. Representando a Polícia Civil de Santa Catarina, a Delegada Patrícia Zimmermann D’Ávila, participou do encontro.

A ferramenta fornecerá dados para a construção de indicadores que permitirão o monitoramento, a avaliação e a elaboração de políticas e ações de prevenção e enfrentamento à violência contra as mulheres.

O site trará também informações sobre a rede de enfrentamento, legislação e publicações relacionadas ao tema e fornecerá acesso direto aos canais de atendimento às mulheres em situação de violência.

Site do OVM/SC: https://ovm.alesc.sc.gov.br/

(Com informações da Alesc)

WhatsApp Image 2021 08 31 at 17.54.55 1

 

075479d3 2e28 4074 9e39 73b12ceba42d

Durante a participação no 4º Simpósio Internacional de Segurança, em Brasília, foi realizada nesta terça-feira (31) uma reunião de policiais civis de Santa Catarina que estão atuando junto aos órgãos do Governo Federal, sobretudo no Ministério da Justiça e Segurança Pública, com a Delegacia Geral da Polícia Civil de SC.

A parceria da Polícia Civil com o Governo Federal é importante, pois atende às necessidades de aprimoramento e aperfeiçoamento dos policiais civis e da própria Instituição, possibilitando a troca de conhecimento e aperfeiçoamento dos policiais civis e fortalece a melhoria da prestação dos serviços.

Participaram o Delegado Geral-Adjunto, Fernando Callfass, e o diretor de Inteligência, Delegado de Polícia Alfeu Orben, o Delegado de Polícia João da Cunha Neto, os Agentes de Polícia Cleber Angelo Capellari, Gustavo Oliveira de Abreu e Juliana Driessen Moreira, e os Psicólogos Policiais Antônio Carlos José Britto e Paulo Henrique de Andrade Pinto.