Conecte-se

FacebookTwitterInstagramYoutube

WhatsApp Image 2022 06 15 at 11.15.46

Em julho de 2022, a Polícia Civil de Santa Catarina completará 210 anos de existência. Uma longa história marcada pelo trabalho, compromisso e dedicação à sociedade catarinense.

Sem esquecer a missão institucional, o momento também será de comemorar avanços e vitórias. Um dos eventos previstos será a Corrida de Rua, com percursos de 5 km e 10 km, no dia 31 de julho de 2022, em Chapecó.

Trata-se de um evento de caráter esportivo e social, que tem por finalidade difundir a prática do esporte como promoção da saúde, condicionamento físico, interação social e melhoria na qualidade de vida das pessoas.

A escolha da cidade de Chapecó se dá pela capacidade logística e pontos de apoio necessários a um evento esportivo de notoriedade estadual, aberto para o público em geral. A expectativa da comissão organizadora é de que participem mais de mil atletas entre policiais civis e público em geral.

A Delegacia Geral da Polícia Civil, através da Gerência de Gestão de Pessoas, irá homenagear a maior delegação, levando em consideração as inscrições efetuadas por Delegacia Regional. Além disso, haverá premiação específica para os policiais civis, nas modalidades masculino e feminino, nos 5km e 10km.

As inscrições podem ser realizadas acessando o link:

https://www.ticketsports.com.br/e/CORRIDA+POL%c3%8dCIA+CIVIL+DE+SANTA+CATARINA+210+ANOS-33664

 WhatsApp Image 2022 06 15 at 10.15.47

Nesta quarta-feira (15), a Polícia Civil deflagrou uma operação em continuidade às investigações referentes a uma organização criminosa responsável pelo furto, adulteração e comércio de peças de Caminhonetes em Santa Catarina. Uma pessoa foi presa em Blumenau em cumprimento a mandado de prisão. Foram cumpridos ainda três mandados de busca e apreensão em Blumenau.

A operação é da Delegacia de Furtos e Roubos de Veículos da Diretoria Estadual de Investigações Criminais (DEIC/PCSC) e da Divisão de Investigação Criminal (DIC/PCSC) de Blumenau.

As investigações começaram em março de 2022 em razão da grande incidência do furto de Caminhonetes no litoral Norte e na região de Joinville. No decorrer das ações, em 25/04/2022, o local de desmanche e adulteração foi localizado em uma propriedade rural em Indaial, onde o responsável pelas adulterações, desmanche e encaminhamento das peças para revendas da região foi preso em flagrante.

O homem estava na posse de seis veículos furtados, sendo cinco desmanchados e um com os sinais identificadores adulterados, sendo duas Toyota Hilux, um Jeep Renegade, dois VW Gol e um VW Voyage, com furtos registrados em Itapema e na própria região de Blumenau, além de documentos de outros veículos furtados em Joinville, o que indica que haviam sido desmanchados naquela propriedade.

Após a prisão foi dada continuidade às investigações e foram identificados outros integrantes da quadrilha responsáveis também pelo furtos, desmanche e adulteração dos veículos.

O preso desta quarta-feira foi encaminhado para a sede da CPP de Blumenau para a formalização dos procedimentos. Outros mandados de prisão se encontram pendentes de cumprimento, pois os alvos se evadiram para outros Estados.

Houve o apoio da 3ª Promotoria do Ministério Público e da Vara Criminal do Judiciário de Indaial.

deicveiculos

 

 WhatsApp Image 2022 06 15 at 08.12.45

A Polícia Civil de Santa Catarina deflagrou na manhã desta quarta-feira (15) a operação “Anjo da Guarda” em combate a crimes de exploração sexual infantil praticados pela internet.

A investigação é da Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática (DRCI) da Diretoria Estadual de Investigações Criminais (DEIC/PCSC). Os policiais civis cumprem nove mandados de busca e apreensão expedidos pelo Judiciário. Durante o cumprimento dos mandados, até o começo da manhã houve três prisões em flagrante.

Os mandados são cumpridos nas seguintes cidades: Florianópolis (1), Navegantes (1), Joinville (2), Blumenau (1), São José (1), Camboriú (1), Itajaí (1) e Porto União (1).

Houve o apoio das Divisões de Investigação Criminal (DICs/PCSC) de Porto União, Blumenau e Joinville; dos Setores de Investigação e Capturas (SICs/PCSC) de Navegantes e Camboriú e da Delegacia de Proteção à Criança, ao Adolescente, à Mulher e ao Idoso (DPCAMI/PCSC) de Porto União.

A operação conta ainda com a participação da Polícia Científica e está em andamento.

WhatsApp Image 2022 06 15 at 06.22.23 2

anjodaguarda

WhatsApp Image 2022 06 14 at 16.43.32

Nesta terça-feira (14), a Polícia Civil de Santa Catarina, por meio da Diretoria Estadual de Investigações Criminais (DEIC/PCSC), recebeu a visita institucional do comandante da Polícia Nacional da França, Adido de Segurança Interior Adjunto, Serge Giordano.

No encontro, na sede da DEIC, em São José, na Grande Florianópolis, o representante da Polícia Nacional Francesa conheceu as instalações da DEIC e o trabalho realizado pelas delegacias estaduais da diretoria. Giordano foi recebido pelo diretor da DEIC, delegado Verdi Furlanetto, e demais delegados da diretoria.

Curso oferecido pela Polícia Nacional da França

Serge Giordano participou na segunda-feira (13) da abertura do curso denominado “Técnicas de Intervenção no âmbito do CQB e das Estruturas Tubulares”, que está sendo oferecido pela Polícia daquele país para 22 policiais civis, militares e federais, em Florianópolis.

O curso “Técnicas de Intervenção no âmbito do CQB e das Estruturas Tubulares” está acontecendo entre os dias 12 a 24 de junho, em Florianópolis. Entre as atividades previstas estão Técnicas de tiro; CQB em estande; CQB e tiro em baixa luminosidade; técnicas em ambientes tubulares, com intervenção em ônibus e em avião; e em ambientes amplos, com intervenção em sala de cinema, escolas, veículos e ambientes urbanos.

9c6d6c1a f378 4638 a8e0 124220677dd1

Fotos: Julio Cavalheiro/ Secom

Intervenções policiais em cenários com refém em ônibus, avião ou escola, sala de cinema ou veículos. Esses são alguns dos exemplos práticos em que policiais civis e militares de Santa Catarina, além de policiais federais, receberão treinamento ministrado no Estado por policiais da Polícia Nacional Francesa.

Nesta segunda-feira (13), houve a solenidade de abertura do curso denominado “Técnicas de Intervenção no âmbito do CQB e das Estruturas Tubulares”. O ato aconteceu no auditório do Centro Administrativo de Segurança Pública, em Florianópolis, com a presença dos comandos das Polícias Civil e Militar de SC, de representantes da Polícia Nacional Francesa, do Consulado da França e dos policiais que farão o treinamento.

No total, 22 policiais brasileiros participarão do curso, sendo dez da Coordenadoria de Operações e Recursos Especiais (CORE/PCSC) da Polícia Civil de Santa Catarina, dez do Batalhão de Operações Policiais Especiais (BOPE) da Polícia Militar de SC e dois policiais do Comando de Operações Táticas da Polícia Federal.

“Teremos uma polícia ainda mais especializada. Quem ganha é a sociedade catarinense, que passará a contar com técnicas diferenciadas e princípios que a França vem implementando, principalmente em questões envolvendo reféns e o combate em ambientes confinados, tubulares, como ônibus, aviões e shoppings”, destaca o delegado-geral da Polícia Civil de Santa Catarina, Marcos Flávio Ghizoni Júnior.

Intercâmbio

O comandante da Polícia Nacional da França, Adido de Segurança Interior Adjunto, Serge Giordano, esteve na solenidade e reforçou a importância do intercâmbio.

“Já vim várias vezes ao Estado, viemos ano passado e agora de novo. Há 32 anos compartilhamos (RAID) informações com as polícias brasileiras. Começamos há dois anos com a polícia de Santa Catarina, uma iniciativa que vamos continuar. É importante haver essa troca de experiência, os policiais de SC vão conhecer as nossas técnicas, mas também dois policiais franceses vão aprender a realidade de Santa Catarina”, comentou.

O comandante-geral da Polícia Militar de Santa Catarina, coronel Marcelo Pontes, lembrou da integração existente na segurança em Santa Catarina, por meio do Colegiado Superior de Segurança e assinalou também a troca de experiências na área operacional.

"É um momento importante para a Segurança Pública, oferecer esse curso para os policiais especializados da Polícia Civil e da PM mostra como todos têm a ganhar com o intercâmbio. Tenho certeza que nossos policiais aprenderão muito com o curso, mas os franceses também vão voltar com algo novo na bagagem. A integração se faz necessária e é algo que discutimos toda semana na reunião do Colegiado, e quem ganha com isso somos todos nós", reforça Pontes.

Para a cônsul honorária da França em SC, Celina Maria Ramos Arruda Macedo, “no momento que vivemos, a segurança é extremamente importante e, no caso aqui será uma troca muito rica porque todos vão apresentar as suas técnicas”.

O curso

O curso “Técnicas de Intervenção no âmbito do CQB e das Estruturas Tubulares” ocorrerá entre os dias 12 a 24 de junho, em Florianópolis. Entre as atividades previstas estão Técnicas de tiro; CQB em estande; CQB e tiro em baixa luminosidade; técnicas em ambientes tubulares, com intervenção em ônibus e em avião; e em ambientes amplos, com intervenção em sala de cinema, escolas, veículos e ambientes urbanos.

CQB

O CQB (Combat Quarter Battle) é uma doutrina que consiste em técnicas de combate em ambientes confinados ou combate a curta distância, em que se emprega um conjunto de táticas que se diferenciam a depender da proximidade do alvo, das condições dos ambientes, que podem ser estreitos, restritivos ou confusos e do número de pessoas que participarão da ação.

Os policiais da França que ministrarão o curso são do grupo de Operações Especiais da Polícia Nacional da França, sob a sigla RAID, que significa Recherche, Assistance, Intervention, Dissuasion (Busca, Assistência, Intervenção e Dissuasão). A missão principal desta unidade é promover a intervenção tática especializada em situações de alto risco, lidando principalmente com terrorismo e crime organizado.

Visita à Delegacia Geral

Após a solenidade, os policiais franceses e os representantes da França foram recebidos pelo delegado-geral da Polícia Civil de SC, Marcos Flávio Ghizoni Júnior, na Delegacia Geral. O coordenador da CORE/PCSC, delegado Jhon Vieira, e a cônsul da França, Celina Maria Ramos Arruda Macedo, também participaram do encontro.

 

22006b94 4d80 420a ab8b d6e6615160e6

63720b67 38c9 4509 82fa 800562630191

04d9e575 54c2 4126 bc3e cf9139ef3bcd

47157680 8633 4b90 8fe6 dda9846c65a6

3c5ee362 bd97 4b1d 8d9f e3f8bd1974bf

562de1f5 9fd3 4c88 a27a 24b14dbf4119