Conecte-se

FacebookTwitterInstagramYoutube

taxas homicidio janeiro a maio 2022 20220606 1072286188

Maio apresentou redução nos principais índices de criminalidade violenta em Santa Catarina. O estado teve o menor número de assassinatos para o mês desde o ano de 2008. Foram 47 homicídios, redução de 50% em relação a 2017, quando houve o pico de mortes violentas. O dado reflete uma queda contínua, registrada na atual gestão do Governo do Estado, nos índices de violência. Entre janeiro e maio deste ano, houve diminuição de 7% nos homicídios na comparação com o mesmo período do ano passado. 

Também em maio, foi registrado o menor número de roubos para o mês da série histórica. Na comparação com 2016, a redução é de 60% - de um total de 1.650 para 650. Os dados são do Colegiado Superior de Segurança Pública e Perícia Oficial. Segundo o governador Carlos Moisés, os índices atuais são consequência de duas situações: o trabalho integrado das forças de segurança e o maior investimento no setor na história do estado.

“Nós criamos o Colegiado Superior em 2019, aumentando a integração entre as nossas forças de segurança. Hoje, este modelo é considerado um exemplo para o Brasil. Também estamos fazendo o maior investimento da história na segurança pública, com R$ 343 milhões em recursos próprios até o fim deste ano. Essas ações estão se refletindo em menos criminalidade e uma maior sensação de segurança para a nossa população”, afirma o governador. 

taxas homicidio janeiro a maio 2022 20220606 1393692660

O presidente do Colegiado Superior, Giovani Eduardo Adriano, destaca outros números positivos do período de janeiro a maio deste ano: redução de 26% nos roubos a instituições financeiras e de 54% nos latrocínios. 

“A criminalidade violenta está em queda, mesmo com o retorno das atividades econômicas e uma maior circulação de pessoas nas ruas. Além do policiamento ostensivo e da boa taxa de resolução de crimes, temos um trabalho forte de inteligência, que nos ajuda na prevenção. Seguiremos atuando para manter o nosso estado como um dos mais seguros do Brasil”, ressalta Adriano.

taxas homicidio janeiro a maio 2022 20220606 1680380206

Informações adicionais para imprensa:
Leonardo Gorges
Assessoria de Imprensa
Secretaria de Estado da Comunicação - SECom
E-mail: leonardogorges@secom.sc.gov.br 
Fone: (48) 3665-3045
Site: www.sc.gov.br 

 

 

 

 88f12f37 cb6b 4ee1 8088 8530d6252924

(Fotos: Julio Cavalheiro/Secom)

Nesta terça-feira (07) pela manhã, em Florianópolis, o governo do Estado entregou 101 novas viaturas caracterizadas para a Polícia Civil de Santa Catarina, com investimento de R$ 15 milhões. A medida faz parte do processo de renovação da frota da Instituição, com o objetivo de melhorar as condições de trabalho dos policiais civis e, consequentemente, os serviços ao cidadão pelo Estado. Uma solenidade de entrega foi realizada na Academia da Polícia Civil (Acadepol), na Capital.

As novas viaturas são da marca Hyundai, modelo Creta, provenientes do programa SC Mais Segura do governo do Estado. Do total, 59 serão distribuídas para delegacias da área da Diretoria de Polícia do Litoral; 23 para a área da Diretoria de Polícia de Fronteira e 19 para a área da Diretoria de Polícia da Grande Florianópolis. Esta foi a primeira etapa da entrega. Ao total, foram adquiridas 213 novas viaturas, com investimentos de R$ 31,7 milhões.

O processo de substituição da frota da Polícia Civil prevê a troca das viaturas com mais de 100 mil quilômetros e mais de cinco anos.

"Avanços"

"Estamos avançando na renovação e substituição da frota da Polícia Civil de Santa Catarina. Hoje fizemos a entrega para as regiões das diretorias do Litoral, Grande Florianópolis e Fronteira. A próxima entrega faremos para a diretoria do Interior e Delegacia Geral. São viaturas que estão a altura dos serviços prestados e trarão a melhoria das condições do trabalho aos nossos policiais e à população", destacou o delegado-geral da Polícia Civil, Marcos Flávio Ghizoni Júnior.

O delegado-geral representou no ato de entrega o governador Carlos Moisés, a quem agradeceu no discurso pelos investimentos à Polícia Civil. O vice-presidente da Assembleia Legislativa (Alesc), deputado Maurício Eskudlark, representou a presidência da Alesc e parabenizou o governo do Estado pelos recursos e os novos equipamentos destinados à Polícia Civil.

A entrega simbólica das chaves dos veículos foi feita aos diretores de Polícia de Fronteira, delegado Fernando Callfass; à diretora de Polícia da Grande Florianópolis, delegada Michele Alves Correa Rebelo e ao diretor de Polícia do Litoral, delegado Raphael Giordani.

Confira a relação dos municípios que receberão as viaturas e a quantidade:

Araquari 3
Araranguá 1
Armazém 1
Ascurra 1
Balneário Camboriu 1
Barra Velha 1
Blumenau 4
Braço do Norte 3
Canelinha 1
Capivari de Baixo 1
Criciúma 4
Ermo 1
Garopaba 1
Garuva 1
Grão Pará 1
Gravatal 1
Imaruí 1
Imbituba 1
Itajaí 1
Itapoá 1
Jaguaruna 2
Joinville 4
Laguna 1
Passo de Torres 1
Pedras Grandes 1
Penha 1
Pescaria Brava 1
Porto Belo 2
Rio Fortuna 1
Rodeio 1
Santa Rosa de Lima 1
São Francisco do Sul 2
São João do Itaperiú 1
São João do Sul 1
São Martinho 1
Tijucas 1
Timbé do Sul 1
Timbó 1
Treviso 1
Treze de Maio 1
Tubarão 2
Turvo 1
Abelardo Luz 1
Arvoredo 1
Bom Jesus do Oeste 1
Campo Erê 1
Caxambu do Sul 1
Coronel Freitas 1
Cunhataí 1
Formosa do Sul 1
Iraceminha 1
Jardinópolis 1
Lindóia do Sul 1
Nova Itaberaba 1
Palma Sola 1
Palmitos 1
Pinhalzinho1
Presidente Castelo Branco 1
Quilombo 1
Riqueza 1
São Lourenço do Oeste 3
Serra Alta 1
Xavantina 1
Angelina 1
Antônio Carlos 1
Biguaçu 1
Florianópolis 9
Palhoça 2
Rancho Queimado 1
São Bonifácio 1
São José 2
São Pedro de Alcântara 1

Total: 101

 

ae659f9d 196a 4662 8852 87af92e18dfb

a95201c0 050e 4773 986c b369cbdb3d6a

b2d2033a 1dfe 4c59 8bd1 ecc966220b2c

42f9d7d0 8822 4f2b a9e8 8f0dba10fa0d

2f145607 d448 4445 bac6 e874cc61c08b

d4fe96e8 9126 4514 86de 27ede2df7966

fce2a24e 41f6 43a6 96cf 16c483a033a0

29afb02c 5436 4920 ad94 3025e57f1d6d

Foto: PCSC/Divulgação

6b9c6c91 6ac0 4490 8726 13e137c41493

Foto: PCSC/Divulgação

 WhatsApp Image 2022 06 07 at 08.36.13

A Polícia Civil de Santa Catarina deflagrou nesta terça-feira (07) a operação “Estorno” com a finalidade de coibir o crime de lavagem de dinheiro e de buscar a despatrimonialização de um grupo criminoso dedicado ao furto de caixas eletrônicos como delito antecedente.

A ação é da Delegacia de Investigação à Lavagem de Dinheiro da Diretoria Estadual de Investigação Criminais (DEIC/PCSC). O objetivo é o cumprimento de medidas cautelares probatórias e assecuratórias determinadas pelo Poder Judiciário.

A investigação apontou que um grupo catarinense se dedicava à prática de crimes de furtos em caixas eletrônicos aproveitando-se das baixas penas previstas para crimes sem violência contra pessoas.

Os trabalhos policiais revelaram que o lucro dos crimes eram investidos de maneira dissimulada em bens de alto valor, muitos dos quais adquiridos integralmente em espécie e, normalmente com o uso de interpostas pessoas (laranjas e testas de ferro).

O objetivo das medidas é a apreensão de documentos capazes de confirmar as hipóteses de ocultação e dissimulação que caracterizem a lavagem de dinheiro, confirmar a real situação do patrimônio sem respectivo lastro e a identificação de outros bens que não haviam sido identificados.

Buscas e prisões

Ao todo, foram cumpridos 19 mandados de busca e apreensão expedidos pela Justiça em Joinville e Balneário Barra do Sul, além de quatro mandados de prisão temporária.

Ainda foram sequestrados 06 imóveis, 33 veículos (incluindo 2 Land Rover, 3 BMW, 3 Mercedes e um Volvo, entre outros veículos de luxo), 3 embarcações, além do bloqueio de valores em contas bancárias e ativos financeiros.

As investigações contaram com o suporte técnico do Laboratório de Tecnologia em Lavagem de Dinheiro (Lab-LD) e operacional das demais Delegacias Especializadas da DEIC/PCSC e da Delegacia Regional de Polícia de Joinville.

Trata-se da sexta operação policial deflagrada pela especializada da DEIC/PCSC somente este ano, que já contabiliza em torno de R$ 45 milhões de bens sequestrados.

WhatsApp Image 2022 06 07 at 11.15.20 1

WhatsApp Image 2022 06 07 at 11.15.20

WhatsApp Image 2022 06 07 at 11.15.19

9473e0b6 d26c 4a8c 8fc8 624c2705431c

Nesta terça-feira (07), a Polícia Civil de Santa Catarina receberá 101 novas viaturas. A entrega faz parte dos investimentos para a renovação da frota da Instituição.

Os veículos da marca Hyundai e modelo Creta foram adquiridos com recursos do Programa “SC Mais Segura”, do governo do Estado. O valor do investimento é de R$ 15.069,200. As viaturas são caracterizadas e serão distribuídas para delegacias de polícia pelo Estado.

O ato de entrega será às 10h, na Academia da Polícia Civil (Acadepol), em Florianópolis.

Confira a relação dos municípios que receberão as viaturas e a quantidade:

Araquari 3
Araranguá 1
Armazém 1
Ascurra 1
Balneário Camboriu 1
Barra Velha 1
Blumenau 4
Braço do Norte 3
Canelinha 1
Capivari de Baixo 1
Criciúma 4
Ermo 1
Garopaba 1
Garuva 1
Grão Pará 1
Gravatal 1
Imaruí 1
Imbituba 1
Itajaí 1
Itapoá 1
Jaguaruna 2
Joinville 4
Laguna 1
Passo de Torres 1
Pedras Grandes 1
Penha 1
Pescaria Brava 1
Porto Belo 2
Rio Fortuna 1
Rodeio 1
Santa Rosa de Lima 1
São Francisco do Sul 2
São João do Itaperiú 1
São João do Sul 1
São Martinho 1
Tijucas 1
Timbé do Sul 1
Timbó 1
Treviso 1
Treze de Maio 1
Tubarão 2
Turvo 1
Abelardo Luz 1
Arvoredo 1
Bom Jesus do Oeste 1
Campo Erê 1
Caxambu do Sul 1
Coronel Freitas 1
Cunhataí 1
Formosa do Sul 1
Iraceminha 1
Jardinópolis 1
Lindóia do Sul 1
Nova Itaberaba 1
Palma Sola 1
Palmitos 1
Pinhalzinho1
Presidente Castelo Branco 1
Quilombo 1
Riqueza 1
São Lourenço do Oeste 3
Serra Alta 1
Xavantina 1
Angelina 1
Antônio Carlos 1
Biguaçu 1
Florianópolis 9
Palhoça 2
Rancho Queimado 1
São Bonifácio 1
São José 2
São Pedro de Alcântara 1

Total: 101

bf42e317 4d9c 464b 96a1 005a96897a7e

a1bbcc5c 1cbd 4cef ae5a bf8a1a2b655b

55d73c3f 9802 483a ba59 f9b6d97705c5

55caa647 3724 4854 8562 64acaa0171a0

5a176810 a9f5 4fd9 835d b921cfd4a240

A Polícia Civil de Santa Catarina começará a realizar o atendimento para os registros de Boletins de Ocorrências em Florianópolis no horário noturno em Delegacias de Polícia específicas destinadas a cada região do município. O objetivo é otimizar o efetivo policial diante da constatação do baixo número de BOs registrados à noite nas Delegacias e, com isso, direcionar policiais civis para a atividade fim, que é a investigação de crimes. A implementação das mudanças será gradativa até o final do ano.

Na tarde desta sexta-feira (03), a Diretoria de Polícia da Grande Florianópolis (DPGF) da Polícia Civil reuniu representantes dos Conselhos de Segurança (Consegs) da Capital e apresentou a medida. No encontro, realizado na DPGF, em Florianópolis, foram tiradas dúvidas e recebidas sugestões. Participaram da reunião representantes dos Consegs de Capital das regiões Extremo Sul, Ingleses, Canasvieiras, Centro e Jurerê.

“Apresentamos esse novo layout de atendimento noturno das delegacias de Polícia da Capital, que será implantado até dezembro deste ano. Os representantes dos Consegs tiveram uma boa receptividade e entenderam que vai haver otimização de policiais civis para a investigação policial e uma equipe exclusiva para atendimento de local de crime”, destacou a diretora de Polícia da Grande Florianópolis, delegada Michele Alves Correa Rebelo.

O presidente do Conseg Centro, Rodrigo Marques, elogiou a instituição policial por cada vez mais utilizar dos meios eletrônicos virtuais, nos quais o cidadão pode fazer seus registros de boletins de ocorrência. “Também fico feliz em saber que está tendo uma melhoria no emprego do efetivo policial, ou seja, não basta ter muitas delegacias, mas sim delegacias que façam o atendimento muito bem feito e especializado, principalmente para as pessoas em situação de vulnerabilidade da nossa sociedade”, ressaltou o presidente do Conseg Centro.

Segundo a diretora de Polícia da Grande Florianópolis, a Polícia Civil realizou um diagnóstico do atendimento ao cidadão em todas as unidades policiais da Capital, sendo constatado reduzido número de Boletins de Ocorrências registrados no período noturno e que, por isso, o atendimento será concentrado em alguns pontos estratégicos.

“Por essa razão, o atendimento 24 horas será realizado em algumas Delegacias distribuídas em toda a cidade. Dessa forma, será possível a otimização de efetivo para as investigações policiais e a manutenção de uma equipe exclusiva para atendimento de local de crime”, explicou a diretora.

O norte da Ilha será atendido na 8ª Delegacia de Polícia da Capital, no bairro Ingleses. Já a região central de Florianópolis, será atendida pela Delegacia de Polícia de Proteção ao Turista, que fica localizada junto à rodoviária de Florianópolis (terminal Rita Maria, no Centro). Por sua vez, o sul da Ilha passará a ser atendido pela Delegacia de Proteção ao Turista do Aeroporto, no aeroporto internacional Hercílio Luz, e o Continente será atendido pela Delegacia de Polícia do Continente, no bairro Estreito.

A região do Centro da Capital contará com a Central de Plantão da Capital, no Bairro Trindade, que será referência no atendimento de situações flagranciais encaminhadas pelas forças policiais e órgãos de segurança, em que há a necessidade de condução policial.

Melhora no atendimento ao cidadão no horário noturno
O espaço da CPP da Capital, que atualmente está sendo reformado, contará com uma sala de acolhimento do menor em conflito com a lei e uma sala de atendimento à mulher vítima de violência doméstica ou que estiver em situação de vulnerabilidade, proporcionando atendimento especializado e qualificado, garantindo a preservação da intimidade das vítimas. O plantão policial será de 24 horas e terá atuação de uma equipe especializada e multidisciplinar.

A iniciativa é uma das importantes ações que estão em desenvolvimento para melhorar a prestação do serviço à população e o ambiente de trabalho dos policiais civis. “O objetivo da Polícia Civil é servir bem ao público e queremos que tenha serviços de excelência”, frisou a diretora de Polícia da Grande Florianópolis, informando que em breve a CPP da Capital terá a reforma concluída.

Dessa forma, o cidadão que precisa registrar um Boletim de Ocorrência contará com uma equipe especializada no procedimento policial, enquanto as demais delegacias do município poderão se dedicar exclusivamente à investigação criminal.

Registro de boletins de ocorrência na Delegacia de Polícia Virtual
Os Boletins de Ocorrência poderão ser registrados também a qualquer momento pela Delegacia de Polícia Virtual (https://delegaciavirtual.sc.gov.br/). Além disso, é possível pela delegacia virtual fazer a solicitação de medidas protetivas de forma online, proporcionando agilidade para o processo e segurança para as mulheres.

Equipe de local de crime

Na Grande Florianópolis, a Polícia Civil de Santa Catarina conta ainda com a atuação de uma equipe exclusiva para o atendimento ao local de crime. Em conjunto com a Polícia Científica, esses policiais se deslocam para os trabalhos investigativos em casos, por exemplo, de mortes violentas, delitos de roubos a banco, ao comércio e em residência, crimes patrimoniais e os da lei Maria da Penha.

Confira o vídeo sobre o atendimento noturno da Polícia Civil em Florianópolis.

Endereços dos locais de atendimento 24 horas ao cidadão em Florianópolis:

- Central de Plantão da Capital – Encaminhamento de flagrantes policiais
Rua Lauro Linhares, 208, Trindade.

- Centro - Delegacia de Proteção ao Turista da Rodoviária Rita Maria
Av. Paulo Fontes, 1101, Centro.

- Sul da Ilha - Delegacia de Proteção ao Turista do Aeroporto
Rodovia de Acesso ao Aeroporto, 6200, Carianos.

- Norte da Ilha - 8ª Delegacia de Polícia da Capital – Ingleses
Rua Intendente João Nunes Vieira, 1615, Ingleses do Rio Vermelho.

- Continente – Delegacia de Polícia do Continente
Rua Tijucas, 92, Balneário.

 

6c1b1de9 95e9 48e8 a400 6c3a3e7c39b1x