Conecte-se

FacebookTwitterInstagramYoutube

WhatsApp Image 2020 09 17 at 15.34.31

A Polícia Civil, por meio da Divisão de Investigação Criminal (DIC) de São Bento do Sul, localizou, na quarta-feira (16), um suspeito de homicídio e tráfico de drogas que estava foragido da Justiça há mais de dois anos. A prisão ocorreu em Florianópolis com apoio da Coordenadoria de Operações e Recursos especiais (CORE) e da 7ª e 8ª Delegacias de Polícia da Capital.

Em 2018, o homem foi identificado pela Polícia Civil como mandante de crimes de homicídio contra pessoas ligadas a uma facção rival a integrada por ele. A motivação dos crimes seria a disputa por pontos de venda de drogas. Recentemente, as investigações da DIC de São Bento do Sul revelaram que ele também seria responsável pelo fornecimento de drogas para que traficantes efetuassem a venda na região de São Bento do Sul e Rio Negrinho.

A Polícia Civil apurou dois endereços nos quais o denunciado poderia ser encontrado, em Florianópolis. Ao todo, foram cumpridos contra ele três mandados de prisão e apreendeu drogas e balança. Além dos processos em trâmite, o homem deverá responder a outra ação penal pelos crimes de tráfico de drogas, associação para o tráfico e integração de organização criminosa.

WhatsApp Image 2020 09 17 at 15.34.24

 WhatsApp Image 2020 08 27 at 15.33.20 2

A Polícia Civil e a Univille realizam na próxima segunda-feira (31) um debate online do curso de Direito, Campus São Bento do Sul, que irá abordar “A Lei Maria da Penha e a Pandemia”. O evento começa às 19 horas.

A Polícia Civil terá a participação do Delegado Regional de Polícia de São Bento do Sul, Odair Rogério Sobreira Xavier e da Psicóloga Suelen Bianca Araújo, da Delegacia de Proteção à Criança, ao Adolescente, à Mulher e ao Idoso (DPCAMI) de São Bento do Sul.

Também participam a Juíza Fabrícia Alcântara Mondin, o Promotor de Justiça Djônata Winter, da 2ª Promotoria de Justiça de São Bento do Sul, o Coronel PM João Carlos Benassi Borges Kuze e os Advogados Débora Cristina Peyerl, coordenadora do curso de Direito da Univille, Campus de São Bento do Sul e Sheilla Bus Buscoski Varella, da subsecção da OAB de São Bento do Sul, e Cleide Regina Pereira, do Serviço Social da Prefeitura de São Bento do Sul.

WhatsApp Image 2020 08 27 at 15.33.20 3

WhatsApp Image 2020 07 22 at 11.39.09

A Polícia Civil, por meio da Divisão de Investigação Criminal (DIC) de São Bento do Sul, deflagrou a Operação Tártaro e efetuou a prisão temporária de três pessoas por homicídio qualificado e a prisão em flagrante de duas pessoas por tráfico de drogas. Foi na manhã desta quarta-feira (22), em Rio Negrinho.

A ação contou com o apoio de 27 policiais civis das Delegacias de Rio Negrinho, Joinville, Canoinhas, Mafra e São Bento do Sul. Também houve a participação do Canil da Polícia Civil (K9).

De acordo com as investigações, a motivação dos homicídios teria sido dívidas de drogas. Outros dois suspeitos ainda não foram encontrados e seguem foragidos.

Durante as buscas foram apreendidos 180g de maconha, 18 pedras de crack, três buchas de cocaína, balança de precisão e embalagens para fracionar a droga.

Um dos envolvidos presos em flagrante por tráfico de drogas, se tratava de uma mulher foragida do sistema penal, a qual foi presa juntamente com o seu companheiro.

WhatsApp Image 2020 07 22 at 12.14.13

WhatsApp Image 2020 07 22 at 12.14.10 1

WhatsApp Image 2020 07 22 at 12.14.09

WhatsApp Image 2020 07 22 at 11.36.58

WhatsApp Image 2020 07 22 at 11.39.09 1

Delegado de Polícia Gil Rafael Ribas fala sobre a Operação:

WhatsApp Image 2019 10 18 at 17.07.05

A Polícia Civil, por meio da Delegacia de Proteção à Criança, Adolescente, Mulher e Idoso (DPCAMI) de São Bento do Sul – indiciou em inquérito policial, nesta segunda-feira (6), por denunciação caluniosa, uma mulher de 31 anos que mentiu ao acusar o marido de ameaça e agressão.

De acordo com o que foi apurado, a mulher estava descontente com os rumos do relacionamento com o ex companheiro e foi até a delegacia e registrou um boletim de ocorrência contra o ex companheiro pelos crimes de lesão corporal e ameaça. Ela alegou que nos dias dos fatos estava transitando em via pública quando foi abordada pelo ex marido e agredida com tapas e socos.

Contudo, os elementos colhidos no inquérito policial, apontaram que a mulher mentiu durante o registro do boletim de ocorrência. Segundo o Delegado de Polícia Fábio Estuqui da DPCAMI, a mulher agiu de forma dolosa em noticiar à autoridade policial fato que tinha conhecimento não ser verdadeiro. “Ela provocou uma investigação desnecessária, o que configura o delito previsto no art. 339, caput, do Código Penal”, afirmou o delegado.

 Sem título

As Polícias Civil e Militar efetuaram duas prisões e solucionaram um homicídio de um homem, em São Bento do Sul. A vítima foi encontrada por volta das 12h30min de segunda-feira (15) e o rosto dela estava desfigurado.

Após a apuração das informações preliminares no local do fato, policiais civis e militares passaram a procurar pelos suspeitos, enquanto o Instituto Geral de Perícias (IGP) efetuava a perícia.

Segundo o delegado Gil Ribas, o primeiro envolvido foi preso pela PM no acesso ao Bairro Vila União e o segundo suspeito preso pela Divisão de Investigação Criminal (DIC) no Bairro Trigolandia, em Piên. “Os agressores estavam morando com a vítima em uma fábrica de cerâmica desativada. Após uma discussão motivada por um aparelho de som passaram a desferir golpes de madeira que ocasionaram a morte”, relatou o delegado.

A Polícia Civil apreendeu roupas com vestígios de sangue da vítima e outros objetos e aguarda Laudos periciais que serão elaborados pelo IGP. Os homens foram autuados em flagrante por homicídio.

asddaw33