Conecte-se

FacebookTwitterInstagramYoutube

9a5274f4 a001 4599 85be dc9507e22467

A Polícia Civil cumpriu um mandado de busca em investigação de roubo de cargas visando a apreensão de documento falso. Foi nesta sexta-feira (18), em Joinville.

A ação é da Delegacia de Furtos e Roubos de Cargas (DFRC/PCSC) da Diretoria Estadual de Investigações Criminais (DEIC/PCSC).

Após a constatação de que um motorista de cargas estava fazendo uso de Carteira Nacional de Habilitação (CNH) com dados de categoria adulterados, foi representado pela medida cautelar de busca e apreensão, que foi deferida.

O referido motorista teve uma carga de vergalhão subtraída recentemente e está sendo investigado como possível participante no crime.

Durante o cumprimento das buscas, foram apreendidos o documento falso, R$ 18.500 e objetos que serão analisados.

De acordo com o Delegado de Polícia Osnei Valdir de Oliveira, as investigações prosseguem com a realização de perícia e demais diligências, visando identificar e responsabilizar criminalmente os envolvidos no roubo.

Denúncias e informações relacionadas a Roubo de Cargas podem ser encaminhadas para o e-mail roubosdecargas-deic@pc.sc.gov.br ou no telefone (48) 3665-9500, bem como pelo aplicativo WhatsApp (48) 98844-0011 ou disque-denúncia 181 da Polícia Civil, sendo garantido o anonimato.

23893c96 4de2 4450 b5c9 e566efec7e3c

COLETE TRÁS

A Polícia Civil prendeu dois homens que estavam com condenações em decisões deferidas pelo Poder Judiciário de Lebon Régis. As duas condenações são frutos de investigações da Polícia Civil à época dos fatos. As prisões aconteceram tão logo o Setor de Investigações e Capturas da Delegacias de Polícia tomou conhecimento dos mandados de prisão.

O primeiro a ser preso, nesta quinta-feira (17), estava trabalhando em uma construção no centro da cidade. A sua condenação é pelo crime de tentativa de estupro de vulnerável, crime que ocorreu no ano de 2010

A segunda prisão ocorreu no começo da tarde desta sexta-feira (18) em uma residência localizada também no centro da cidade. O crime por ele praticado foi o de furto qualificado e corrupção de menores, ocorrido no ano de 2017.

Os dois presos foram levados para a Delegacia de Polícia e, após os procedimentos legais, encaminhados ao presídio de Caçador para darem início ao cumprimento de suas penas.

brasao

A Polícia Civil prendeu uma mulher de 34 anos em flagrante por tráfico de drogas. Foi na quinta-feira (17), no bairro São Francisco, em São Lourenço do Oeste.

A ação foi através da Divisão de Investigação Criminal de Fronteira (DIC-Fron/PCSC), com apoio do Núcleo de Operações com Cães (NOC/PCSC) e Agência de Inteligência da Polícia Militar, todos de São Lourenço do Oeste.

Foram apreendidos um torrão e porções fracionadas de maconha, um comprimido de ecstasy, além de mais de três mil reais em dinheiro e outros apetrechos relacionados à traficância de substância entorpecente. 

A ação policial originou-se de investigação para apuração do crime de tráfico de drogas e foi decorrente do cumprimento de um mandado de busca e apreensão.

Após interrogada, a presa foi encaminhada para o Presídio Feminino de Chapecó, onde se encontra à disposição da Justiça.

banner1

A Polícia Civil concluiu o inquérito policial que apurou o latrocínio ocorrido no dia 26 de abril na cidade de Morro da Fumaça. Seis pessoas foram indiciadas e quatro estão presas suspeitas de envolvimento no crime. As investigações mobilizaram efetivo policial da DP de Morro da Fumaça e da Divisão de Repressão a Roubos da DIC de Criciúma com o apoio de policiais militares da GR/9 (9 BPM, de Criciúma), do SAER e do NOC/K9 da DRP de Criciúma.

Foram presos preventivamente dois suspeitos, de 22 anos e 23 anos, da autoria de roubos e latrocínio. Também Ainda foi presa temporariamente uma mulher de 35 anos, pela participação ao simular falso sequestro e prejudicar as investigações. Ainda foram apreendidas drogas, dinheiro e celulares, com um rapaz de 28 anos, preso em flagrante por tráfico de drogas.

Após o depoimento de diversas testemunhas, análise de documentos, laudos e relatórios de investigação, três suspeitos foram indiciados por suspeita de latrocínio e organização criminosa armada. Uma mulher de 35 anos, foi indiciada por suspeita de latrocínio e por atrapalhar investigação. E outras duas pessoas por suspeita de participação em organização criminosa armada, já que davam apoio com armas, munições e outras estruturas para os crimes.

d6a2c8b8 801d 493a 97bd 37ee6fdcb23a 1

A Polícia Civil realizou na manhã desta sexta-feira (18) a Operação “Quitutes da Época” com o objetivo de coibir o tráfico de drogas na região central de Imaruí, Sul do Estado.

Foram cumpridos cinco mandados de busca e apreensão que resultaram na prisão em flagrante de três suspeitos de envolvimento no tráfico de drogas. Segundo o Delegado de Polícia Raphael Rampinelli, as investigações começaram após denúncias do comércio de drogas na área central. Após diligências, o Delegado de Polícia representou pela concessão de cinco mandados de busca e apreensão, o que foi deferido pelo Poder Judiciário após manifestação favorável do Ministério Público.

Nesta sexta-feira , os mandados foram cumpridos e apreendidos drogas (maconha e cocaína), balanças, dinheiro e outros apetrechos relacionados à venda de drogas. Diante dos fatos, os suspeitos foram conduzidos a Delegacia de Polícia e autuados em flagrante por tráfico de drogas.

A ação mobilizou efetivos das Delegacias de Polícia da Comarca de Imaruí, com o apoio de Garopaba (DPCo), Laguna (DPCAMI e DPCo), Imbituba (DPCo), DPMu Pescaria Brava e da Polícia Militar de Imaruí. As investigações prosseguem.

eea132a6 fccf 4ad5 923b 09fa4b379e34