Conecte-se

FacebookTwitterInstagramYoutube

poli

A Polícia Civil, por meio da Delegacia de Furtos e Roubos de Cargas da Diretoria Estadual de Investigações Criminais (DEIC/PCSC), recuperou na tarde de terça-feira (11) uma carga de polipropileno que estava sendo comercializada em uma empresa na cidade de Barra Velha.

A carga havia sido furtada de uma empresa em Araquari, em março. O material foi apreendido e restituído à vítima. As investigações prosseguem no sentido de identificar e responsabilizar criminalmente os demais envolvidos nos furtos.

Denúncias e informações relacionadas a roubo de cargas podem ser encaminhadas para o e-mail roubosdecargas-deic@pc.sc.gov.br ou no telefone (48) 3665-9500, bem como pelo aplicativo WhatsApp (48) 98844-0011 ou disque-denúncia 181 da Polícia Civil.

POLICIA CIVIL COLETE TRÁS

A Polícia Civil cumpriu a prisão preventiva de um homem de 34 anos suspeito de ter praticado furtos a condomínios residenciais em Tubarão, Sul do Estado. Foi através da Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Tubarão, na tarde de terça-feira (11).

Após tomar conhecimento que um homem estaria furtando objetos na garagem de condomínios residenciais, os policiais civis conseguiram identificar o suspeito. A Polícia Civil instaurou um inquérito policial e, após investigação, representou pela prisão preventiva. A medida foi deferida pelo juízo da 2º Vara Criminal da Comarca de Tubarão.

O preso foi encaminhado à Delegacia de Polícia, interrogado e indiciado. Depois, encaminhado ao Presídio Regional de Tubarão, onde permanecerá à disposição do Poder Judiciário.

arma1

A Polícia Civil apreendeu armas de fogo utilizadas na prática de crimes, em Ponte Serrada, no Oeste. Uma pessoa de 52 anos foi presa em flagrante.

A ação ocorreu na tarde de terça-feira (11) e foi resultado de investigações e cumprimento de mandado de busca e apreensão.

O suspeito preso tinha em seu poder duas espingardas e dois revólveres, munições e petrechos para recarga. Após o pagamento da fiança arbitrada pelo Delegado de Polícia no valor de R$ 2 mil, o homem foi posto em liberdade.

A operação foi feita pela Polícia Civil em Ponte Serrada e teve o apoio da Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Xanxerê, Núcleo de Operações com Cães (NOC) da 16ª DRP, policias civis da Delegacia de Faxinal dos Guedes e Passos Maia.

 

a1

 WhatsApp Image 2021 05 12 at 10.25.08

Dez pessoas foram presas na manhã desta quarta-feira (12) pela Polícia Civil na Operação “Ás de Espada”. A ação realizada pela Delegacia de Polícia da Comarca de Pinhalzinho, no Oeste, foi deflagrada em combate a uma organização criminosa envolvida com o tráfico de drogas que buscava se instalar em Pinhalzinho, no Oeste de Santa Catarina.

A investigação começou há dois meses. São apurados crimes de tráfico de drogas, porte ilegal de arma de fogo, corrupção de menores, entre outros. Durante a apuração algumas pessoas já haviam sido presas e drogas apreendidas.

Nesta quarta-feira, a Polícia Civil cumpriu 18 mandados judiciais, sendo 12 mandados de busca e apreensão (11 em Pinhalzinho e um em Saudades) e seis mandados de prisão. Das seis prisões, uma delas teve o mandado cumprido em um presídio no Rio Grande do Sul, pois já se encontrava presa. As outras cinco pessoas tiveram mandado de prisão cumprido em Pinhalzinho.

Do total de presos, seis foram autuados em flagrante por posse irregular de munição e tráfico de drogas - dois deles, além da prisão em flagrante, tiveram mandado de prisão cumprido.

Ainda nesta quarta-feira, foram apreendidos mais de um quilo de maconha, cocaína, celulares, balanças, mais de R$ 3 mil, objetos usados para embalar a droga. A investigação prossegue.

A operação mobilizou cerca de 50 policiais civis. Houve apoio de policiais de Chapecó, São Lourenço do Oeste, Maravilha, Cunha Porã e Modelo, além das equipes do Núcleo de Operações com Cães da PCSC de Ponte Serrada, São Lourenço do Oeste e Chapecó.

WhatsApp Image 2021 05 12 at 11.43.03

WhatsApp Image 2021 05 12 at 11.43.04

WhatsApp Image 2021 05 12 at 10.19.02

WhatsApp Image 2021 05 12 at 11.43.52

 WhatsApp Image 2021 05 12 at 08.12.47

A Polícia Civil, por meio da Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Jaraguá do Sul, prendeu na manhã desta quarta-feira (12), em Jaraguá do Sul, um homem de 46 anos foragido da Justiça de Rio Negrinho.

Após trocas de informações com a Polícia Civil de Joinville, foi apurado que o homem estaria residindo em Jaraguá do Sul e que pela manhã iria até o estacionamento de um supermercado. Assim, uma equipe da DIC passou a monitorar o local. Por volta das 7h, a equipe efetuou a prisão.

Foram cumpridos dois mandados de prisão preventiva contra ele: um por roubo e outro por apropriação indébita expedidos pela Justiça de Rio Negrinho.

Segundo o Delegado de Polícia Diones Pavoni de Freitas, além desses dois mandados se observou que o homem responde a 16 inquéritos policiais e possui mais de 100 registros criminais pela prática de crimes patrimoniais, entre eles estelionato, furto, apropriação indébita, receptação e roubo.

O preso estava foragido de Rio Negrinho há cerca de dois meses, quando soube que teve a sua prisão decretada e foi residir em Jaraguá do Sul.