Conecte-se

FacebookTwitterInstagram

WhatsApp Image 2020 04 08 at 09.36.54 1

A Polícia Civil identificou e prendeu nesta terça-feira (11) um homem autor de extorsão praticada através de redes sociais em Itajaí. O crime aconteceu no dia 23 de março de 2019. A ação é da Divisão de Investigação Criminal (DIC).

Conforme o delegado Sérgio Roberto de Sousa, o investigado, que estava com mandado de prisão temporária decretado pela 1ª Vara Criminal de Itajaí, criava perfis falsos em redes sociais oferecendo empréstimos com taxas de juros abaixo do mercado. Então, quando aparecia uma vítima atrás de empréstimos ele facilitava ao máximo o negócio. No entanto, antes de findar o negócio, condicionava a liberação dos valores supostamente contratados, a um depósito prévio em contas bancárias referente à primeira parcela do empréstimo. Assim, após a vítima realizar o primeiro depósito, o investigado novamente condicionava a liberação do valor contratado a novos depósitos até a vítima perceber que havia sido enganada.

"Após a vítima perceber que havia caído num golpe, o autor passa a realizar graves ameaças de morte, eis que para viabilizar o suposto empréstimo recebe todas as informações pessoais da vítima, inclusive comprovantes de endereços e dados dos familiares. Então, com tais informações o investigado exige valores da vítima para não fazer mal a ela e seus familiares”, relatou o delegado. Após o interrogatório, o homem, de 26 anos, de Itabuna (Bahia), foi encaminhado ao Complexo Penitenciário de Itajaí.

WhatsApp Image 2020 08 11 at 14.32.45

A Segurança Pública de SC pretende reforçar a segurança de Saltinho, no Oeste catarinense.
A intenção foi tema de uma reunião por videoconferência entre o presidente do Colegiado Superior de Segurança Pública de Santa Catarina e Delegado Geral da Polícia Civil Paulo Koerich, com o deputado estadual Valdir Cobalchini - que integra a Comissão de Segurança Pública da Assembleia Legislativa.

Fonte: ASCOM/SSPSC

 WhatsApp Image 2020 06 10 at 10.25.31

A Polícia Civil, por meio da Delegacia de Furtos e Roubos de Cargas (DFRC) da Diretoria Estadual de Investigações Criminais (DEIC), recuperou mais contêineres/frames de lote subtraído.

De acordo com o delegado Osnei Valdir de Oliveira, a ação é continuidade das investigações realizadas e que resultaram na apreensão de grande quantidade de contêineres nos dias 31/07/2020 e 05/08/2020. Na segunda-feira (10), a equipe da DFRC/DEIC recuperou em Balneário Camboriú 28 frames (equipamentos de refrigeração dos contêineres).

Os responsáveis, tanto pela aquisição quanto pela venda restaram identificados, e terão a responsabilidade penal apurada no curso do inquérito policial instaurado para a completa apuração dos fatos, assim como os autores da subtração.

A Polícia Civil conta com a colaboração da sociedade. Denúncias e informações relacionadas a roubo de cargas podem ser encaminhadas para o e-mail roubosdecargas-deic@pc.sc.gov.br ou no telefone (48) 3665-9500, bem como pelo aplicativo WhatsApp (48) 98844-0011 ou disque-denúncia 181 da Polícia Civil, sendo garantido o anonimato.

WhatsApp Image 2020 08 10 at 22.04.34

WhatsApp Image 2020 04 24 at 11.01.18

A Polícia Civil, por meio da Delegacia de Polícia da Comarca de Imaruí, efetuou a prisão de um homem por sentença definitiva decorrente de ameaça no âmbito da violência doméstica. Foi na sexta-feira (07), em Imaruí.

O suspeito já responde por infrações penais relacionadas à violência doméstica contra mulher, sendo que em outras ocasiões havia sido preso por este motivo.

O homem foi encaminhado à Unidade Prisional Avançada de Laguna, onde cumprirá a pena determinada pelo Judiciário.

banner

A Delegacia de Santo Amaro da Imperatriz concluiu na segunda-feira (10) dois inquéritos policiais que apuraram a suspeita de crimes de falsidade ideológica por alguns proprietários de despachante, loja de placas e revenda de veículos dos municípios de Santo Amaro da Imperatriz e Águas Mornas.

De acordo com o delegado Arthur Lopes, a ação criminosa consistia em fornecer uma declaração falsa de residência para o cliente, informando que ele residia no município da compra do veículo, uma vez que morava em cidade adversa. O objetivo era manter o emplacamento do veículo no município da compra sem fazer a transferência, uma vez que com a transferência de município a nova placa do Mercosul deveria ser inserida gerando aí um custo de aproximadamente R$ 100 por placa para o cliente.

Diligências foram feitas nos supostos endereços, em Águas Mornas e em Santo Amaro da Imperatriz, tendo os policiais civis descoberto que os aludidos clientes ali nunca residiram e que se tratava de fraude. Todos os envolvidos, 10 pessoas no total, foram indiciados e responderão pela prática de falsidade ideológica. Denúncias podem ser realizadas pelo canal Denuncie Aqui! (48)9 9962-3154 da Polícia Civil de Santo Amaro da Imperatriz ou diretamente registrando a ocorrência virtual do site https://delegaciavirtual.sc.gov.br/inicio.aspx.