Conecte-se

FacebookTwitterInstagramYoutube

66fc649e 963e 427e b8ed e8c04fb3f911

Nesta segunda-feira (29), dez policiais civis de Santa Catarina, sendo quatro deles operadores do Serviço Aeropolicial de Fronteira (SAER-Fron/PCSC), se formaram no 7° Curso de Unidades Especializadas de Fronteiras, em Chapecó.

A iniciativa foi promovida pela Secretaria de Gestão e Ensino em Segurança Pública (SEGEN) e pela Secretaria de Operações Integradas (SEOPI) do Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP). A iniciativa faz parte das ações do Programa Nacional de Segurança nas Fronteiras (V.I.G.I.A).

As aulas, que tiveram uma carga horária de 96 horas, iniciaram no dia 16 de novembro e foram sediadas no Batalhão da Polícia Militar, em Chapecó. O objetivo foi preparar esses profissionais para lidar no ambiente de fronteira.

No total, 42 servidores de segurança pública de 13 estados diferentes participaram do curso. Por sediar o evento, Santa Catarina contou com o maior número de profissionais, participando da formação com 23 servidores, que atuaram na operação “Hórus”.

A capacitação teve como foco a parte prática, como técnicas de defesa pessoal, imobilização, policiamento em embarcações, identificação veicular, fraudes associadas, entre outras disciplinas que estão na rotina do efetivo policial.

Além disso, foram aplicados nas instruções os procedimentos frente a ocorrências fronteiriças, que envolvem direito ambiental, como caça e pesca ilegal, técnicas de fiscalização de desmatamento, além de encaminhamentos no caso de vítimas, apreensão de materiais, aspectos legais e conhecimento de áreas indígenas.

18755138 cfa5 4ce1 aadd 71ff85b4f999

453af305 1644 4438 b615 74d618dca226

 viatura 10

A Polícia Civil realizou mais uma etapa da operação “Extração” e cumpriu três mandados de prisão. A ação é da Divisão de Investigação Criminal (DIC-Fron/PCSC) de Concórdia. Uma mulher e um homem foram presos preventivamente em Concórdia e outra mulher foi presa preventivamente em Irani com o apoio da Polícia Militar. Essas prisões ocorreram no dia 25 de novembro.

A operação tem como objetivo o combate ao tráfico de drogas em Concórdia e Irani, no Meio-Oeste de Santa Catarina. Os demais indiciados já haviam sido presos em flagrante quando da deflagração da primeira parte da operação, no dia 15 de outubro - neste dia foram cumpridos 8 mandados de busca e apreensão, sendo sete em Concórdia e um em Irani.

da67ae9a 1c57 4567 bbac bd377fc44bf3

Na manhã desta segunda-feira (29), uma audiência tratou de políticas públicas de segurança para o setor do agronegócio catarinense, na Diretoria de Polícia da Fronteira (DIFRON/PCSC), da Polícia Civil, em Chapecó.

Foram debatidas estratégias de integração para o aprimoramento das investigações policiais para a defesa agropecuária e segurança do alimento, mantendo assim a excelência sanitária do rebanho de animais.

Participaram o presidente da Companhia Integrada de Desenvolvimento Agrícola de Santa Catarina (Cidasc), Plinio de Castro, a conselheiro Técnica do Instituto Catarinense de Sanidade Agropecuária (ICASA), Luciane Surdi e o deputado estadual Altair Silva. Eles foram recebidos pelo diretor da DIFRON/PCSC, delegado de polícia Fernando Callfass.

O diretor da DIFRON/PCSC destacou o planejamento da Polícia Civil de Santa Catarina para a implantação de um modelo eficiente de investigação policial dos crimes contra o agronegócio.

c15d57fd 0b2c 4295 a5fa d75041b6bc81

Na manhã desta segunda-feira (29), a Polícia Civil cumpriu um mandado de prisão preventiva contra um homem de 59 anos suspeito de estupro de vulnerável, em Joinville. A prisão foi feita por policiais civis da Delegacia de Proteção à Criança, ao Adolescente, à Mulher e ao Idoso (DPCAMI/PCSC) de Joinville.

Segundo a investigação, o homem teria praticado os abusos sexuais contra o seu neto de 4 anos. As investigações iniciaram ainda no mês novembro, já foram concluídas e o autor foi denunciado. A prisão ocorreu no bairro Saguaçu. O investigado foi encaminhado ao sistema prisional de Joinville, onde permanecerá à disposição da Justiça.

Viatura sirene noite

Policiais civis da Delegacia de Polícia de Turvo efetuaram a prisão de dois homens pelo roubo a uma loja ocorrido no centro de Turvo. Os presos têm 39 anos e 33 anos e o crime ocorreu no dia 17 de setembro deste ano.

As prisões foram realizadas na sexta-feira (26) em Timbé do Sul e Turvo. Conforme apurado pelo setor de investigação, os presos, que são moradores de Timbé do Sul, saíram daquela cidade em um veículo GM/Celta, por volta das 17h do dia 17/09, com destino a Turvo. Quando chegaram, estacionaram o veículo nas proximidades do local onde pretendiam praticar o roubo. Um dos comparsas, de 39 anos, desceu do veículo e se dirigiu à loja com uma faca.

O homem rendeu a vítima e subtraiu, mediante ameaça, dois aparelhos celulares e R$ 50 em dinheiro, fugindo para Timbé do Sul. Durante as investigações, os dois aparelhos celulares foram recuperados, sendo um na posse da mulher de um dos autores e o outro com um receptador. Eles foram encaminhados ao presídio de Araranguá.