Conecte-se

FacebookTwitterInstagramYoutube

08e8090b 2eaf 4c35 8d10 df4be776d807

Assuntos em torno da Polícia Civil e a segurança pública no município de Santo Amaro da Imperatriz, na Grande Florianópolis, foram debatidos em uma audiência na Delegacia Geral da Polícia Civil, na manhã desta terça-feira (27), em Florianópolis.

O deputado estadual Jerry Comper, o prefeito de Santo Amaro da Imperatriz, Ricardo Lauro da Costa e o secretário municipal de Administração, Edgard Camargo Filho, foram recebidos pelo Delegado Geral, Paulo Koerich.

Um dos temas abordados tratou da Delegacia de Polícia da Comarca de Santo Amaro da Imperatriz, que a partir do dia 09 de agosto passará a ter a titularidade do Delegado de Polícia Fábio Faustino Pereira.

Também participaram da reunião a diretora de Polícia da Grande Florianópolis, Delegada de Polícia Tatiana Klein, e a delegada regional de Palhoça, Michele Alves Correa Rebelo, as quais destacaram os trabalhos e serviços prestados pela Polícia Civil no município.

b77c6ed0 7984 40ac 90c3 d8cca8f0ca61

f2fe248b 3a0c 4f8f bb63 9c2bf7de538b

 

Através de mensagens, os criminosos dizem que a vítima se enquadrou para o recebimento de alguma promoção, sorteio, auxílio emergencial, ou encaminham algum alerta dizendo que ocorreu uma operação indevida em sua conta.

– O criminoso então encaminha um link malicioso dizendo que deve ser acessado para que a vítima receba o prêmio, o benefício ou para evitar que a conta seja bloqueada;

– Ao acionar o link, a vítima é redirecionada para sites falsos de cadastros, ou baixa automaticamente aplicativos maliciosos no telefone, todos com objetivo de obter informações pessoais da vítima;

Como prevenir?

– Sempre desconfie de links encaminhados via WhatsApp ou SMS, na dúvida, entre em contato direto com os canais oficiais de comunicação;

– No caso de acionar o link ou realizar o cadastro em algum site, informe seu banco e leve seu telefone em alguma assistência para verificar a existência de aplicativos maliciosos.

 

8ae8fa7a 6ce1 47a4 8f26 fa1b3120de70

 

5c015278 ad00 40b6 92bd 752c9e8dcaff

 

defesacivilfrio

(Foto: Divulgação Defesa Civil de SC)

O Governo do Estado, através da Defesa Civil de Santa Catarina (DCSC), alertou a população sobre a chegada, nesta terça-feira (27) de uma massa de ar polar que vai provocar a queda acentuada das temperaturas no Estado. Estão sendo esperadas temperaturas abaixo de zero em várias regiões. Para enfrentar esta situação existem diversas recomendações que podem ser seguidas para evitar situações de risco.

Recomendações e prevenções

Segundo o Diretor de Gestão de Desastres da DCSC, Daniel Dutra, são pequenos cuidados que fazem a diferença, tanto para a autoproteção, quanto para proteger quem mais amamos. “A recomendação nestes dias mais frios é reforçar a atenção com a população mais vulnerável, como idosos, crianças e moradores de ruas. Os animais de estimação também precisam de cuidados especiais, assim é recomendado que sejam abrigados durante a noite”, explicou.

Ele reforça que é importante se manter aquecido, mas evitar técnicas que possam colocar as pessoas em risco como acender churrasqueiras ou latas com combustíveis dentro de casa. “Este procedimento pode provocar incêndios, queimaduras ou causar a morte devido a inalação de monóxido de carbono”, destacou Dutra.

Não esqueça de beber bastante água e mantenha a pele hidratada, especialmente mãos, pés, rosto e lábios. Reforce os cuidados com a higiene das mãos e evitar locais fechados com muitas pessoas aglomeradas.

Ao conduzir veículos nas regiões de serra reforce a atenção nas rodovias em função do risco de formação de gelo na pista. Viaje apenas com a confirmação de reserva em hotéis ou pousadas. Utilize agasalhos adequados para não sofrer o risco de hipotermia. Use e abuse de acessórios para proteger as extremidades do corpo, como luvas, gorros, meias e cachecóis.

Na hora das refeições dê preferência a sopas e um chá quente pode ajudar a enfrentar o frio. Mas não esqueça de consumir frutas e vegetais, pois o consumo de vitaminas, sais minerais e antioxidantes contribuem para minimizar as infeções típicas da estação.

Proteja tubulações de água que não estejam enterradas e equipamentos descobertos. A proteção pode ser feita com papelão, jornais, plásticos ou lonas, isso minimiza a probabilidade de congelamento da água nos canos. A mesma ação pode ser utilizada nos hidrômetros para reduzir as chances de ruptura do equipamento.

(Fonte: Defesa Civil de SC)

WhatsApp Image 2021 07 26 at 18.05.19

Nesta segunda-feira (26), a Polícia Civil apreendeu armas e munições em uma propriedade, em Rio do Sul. Foi por meio do Setor de Investigação e Capturas (SIC) da Delegacia de Polícia da Comarca de Rio do Sul.

Após a denúncia, policiais civis se deslocaram ao local e apreenderam uma espingarda calibre .28, um revólver calibre .22, um revólver de fabricação caseira e outra espingarda calibre 5.5 de pressão. Além das armas, foram apreendidas munições de diversos calibres que estavam em um fundo falso de um armário da propriedade.

Os objetos apreendidos foram encaminhados à Delegacia de Polícia para as providências cabíveis. Um inquérito policial foi instaurado para investigar os fatos. O suspeito de ser o proprietário das armas e das munições não estava no local.

4bb34661 bb1d 44ff 8fc5 63ae372e2f42

 

A vítima faz um anúncio em plataformas de compra/venda online e deixa o número de contato acessível ao público.

Os criminosos, de posse do número, se passam pelo suporte da plataforma e pedem para que a vítima passe um código de validação recebido por mensagem;

O código recebido é de autenticação do WhatsApp da vítima, que terá o aplicativo clonado, caso passe o código recebido ao criminoso.


Como prevenir?

– Nunca informe códigos recebidos por mensagem para ninguém e habilite a autenticação de dois fatores em sua conta;

– Na dúvida entre em contato através dos canais oficiais da plataforma.


O que fazer?

Registrar um Boletim de Ocorrência e denunciar ao WhatsApp através do e-mail: suporte@whatsapp.com, também é possível denunciar clicando no número do golpe, clicar no campo "Dados do contato" e clicar em "denunciar".

Após o envio do e-mail, realize o procedimento para recuperação da conta sucessivas vezes, para bloquear a conta e o criminoso não conseguir mais utilizá-la.

932924ba 0453 44b9 8bd5 5c471ec0bfab

 

2524308c 5542 493b abc5 3921183cd63e