Conecte-se

FacebookTwitterInstagramYoutube

WhatsApp Image 2022 01 14 at 20.42.05

A Segurança Pública de Santa Catarina alcançou números históricos no combate à criminalidade durante o ano de 2021. A exemplo do recém-divulgado índice de homicídios, que representa o menor número da série histórica desde que passou a ser contabilizado no ano de 2008, outros indicadores também alcançaram recordes no ano passado.

O presidente do Colegiado, perito-geral Giovani Eduardo Adriano, destaca a importância do encontro com a imprensa para se estabelecer uma leitura desses dados, considerando a influência do período de restrições da pandemia de coronavírus e seus reflexos para os próximos 12 meses, a partir do retorno das atividades presenciais.

Entre os pontos de atenção a serem abordados durante o evento, Giovani Adriano destaca a necessidade de se intensificar as ações contra os crimes de violência doméstica e estelionato, esse último com foco em golpes digitais.

Além do perito-geral da Polícia Científica, estarão presentes o comandante Geral da Polícia Militar, cel. Marcelo Pontes; o delegado-geral da Polícia Civil, Marcos Flávio Ghizoni Júnior; e o comandante-geral do Corpo de Bombeiros Militar, cel. BM Marcos Aurélio Barcelos.

O encontro está programado para a próxima segunda-feira, 17, às 15 horas, no auditório do Centro Administrativo da Segurança Pública. Também será transmitido ao vivo pelo canal do Governo do Estado de Santa Catarina no Youtube.

Acesse pelo link https://youtu.be/YMFIJ97NLZo

SERVIÇO:

O que: Coletiva de imprensa para divulgação dos índices de criminalidade 2021 e expectativas para os próximos 12 meses

Quando: Segunda-feira, 17/01/2022, às 15 horas

Onde: Auditório do Centro Administrativo da Segurança Pública, av. Gov. Ivo Silveira, nº 1521, térreo do Bloco A - Capoeiras, Florianópolis - SC, 88085-002

(Fonte: Colegiado Superior de Segurança Pública e Perícia Oficial)

brasao

Nesta sexta-feira (14), a Polícia Civil de Santa Catarina, por meio da Delegacia de Proteção à Criança, ao Adolescente, à Mulher e ao Idoso (DPCAMI/PCSC) de Itajaí, prendeu preventivamente um homem pelo descumprimento de medida protetiva.

O homem foi encontrado no seu local de trabalho. Após os devidos procedimentos policiais e de ter sido interrogado, o homem foi encaminhado ao Complexo Penitenciário do Vale do Itajaí, onde permanece à disposição da Justiça.

Relacionamento Abusivo 1pronto

A violência contra a mulher começa com atos sutis como a censura e pode se agravar. Por isso, fique atenta e peça ajuda assim que perceber sinais, tais como:

Censura em relação à roupa;
Censura com relação ao ambiente que a mulher frequenta;
Censura com relação às amizades;
Ameaça, xingamento, empurrão, agressão física.

Denuncie violência contra as mulheres aos canais da Polícia Civil de Santa Catarina:

Delegacia de Polícia Virtual da Mulher: www.pc.sc.gov.br

181

WhatsApp: (48) 98844-0011

Fonte: Polícia Civil de SC
delegaciavirtual.sc.gov.br

Relacionamento Abusivo 2 pronto

00000000000000000000000000000000001125555

Esta semana, a Polícia Civil de Santa Catarina prendeu em Florianópolis um homem de 39 anos procurado por um homicídio praticado em 2020 em Novo Hamburgo, no Rio Grande do Sul.

A prisão ocorreu na manhã de quarta-feira (12) através de policiais civis da Diretoria de Inteligência (DIPC/PCSC) e da Coordenadoria de Operações e Recursos Especiais (CORE/PCSC), após intercâmbio de informações com a Polícia Civil do Rio Grande do Sul.

O preso tinha contra si um mandado de prisão preventiva expedido pela 17ª Vara Criminal de Novo Hamburgo/RS, no âmbito da operação “Ouro de Tolo”, da Polícia Civil do Rio Grande do Sul, deflagrada em dezembro de 2021.

Além de homicídio, o preso é suspeito de envolvimento em crimes de estelionato e lavagem de dinheiro. A prisão é fruto da integração entre as Polícias Civis de Santa Catarina e do Rio Grande do Sul.