Conecte-se

FacebookTwitterInstagramYoutube

20dada9a 6ec9 4d30 bf60 8fbadb431617

Na manhã desta terça-feira (14), a Polícia Civil realizou uma operação e cumpriu mandados de busca e apreensão em Biguaçu, na Grande Florianópolis. Droga e munições foram apreendidas e um homem foi preso em flagrante.

A investigação é da Delegacia de Combate às Drogas da Capital (DECOD/PCSC), que contou com o apoio na ação da Coordenadoria de Operações Policiais com Cães (COPC/PCSC).

Durante as diligências, foram localizados pelo cão farejador Darth, no interior do armário de roupas do quarto do homem, cerca de 1 kg de maconha e 27 munições de calibres variados. Diante do estado de flagrância em que se encontrava o investigado, ele foi conduzido até a DECOD/PCSC para a lavratura dos procedimentos legais.

WhatsApp Image 2022 06 14 at 10.55.09

Policiais civis da Divisão de Investigação Criminal (DIC/PCSC) de Brusque cumpriram quatro mandados de busca e apreensão e dois mandados de prisão preventiva em decorrência de uma investigação de tentativa de homicídio, em Brusque. A ação ocorreu na tarde de segunda-feira (13).

No dia 20 de maio deste ano, dois homens atentaram contra a vida da vítima, que estava em sua casa no bairro Bateas. O suspeito e um comparsa planejaram a ação, que resultou em cerca de 20 golpes de faca contra a vítima. Com base nas informações colhidas, a Polícia Civil representou por buscas, que foram deferidas pelo Poder Judiciário após a manifestação favorável do Ministério Público.

Na segunda-feira, os policiais civis organizaram uma operação que culminou com a prisão dos envolvidos. Um deles preso no bairro Limeira e o segundo no bairro Bateas. Além das prisões preventivas, os homens também foram presos em flagrante por tráfico de drogas – em suas residências foram localizadas substâncias entorpecentes, balanças, anotações e material relacionado ao tráfico.

Outras duas buscas complementares também foram realizadas no bairro Limeira e Azambuja, onde os policiais colheram novos elementos que serão juntados à investigação. Após os procedimentos, os homens foram encaminhados ao presídio e permanecerão à disposição da Justiça.

 viatura sirene2

Na tarde de segunda-feira (13), a Polícia Civil, através da Divisão de Investigação Criminal de Fronteira (DICFron/PCSC) de São Lourenço do Oeste, cumpriu um mandado de prisão preventiva expedido contra um homem investigado por tentativa de latrocínio em São Lourenço do Oeste.

O homem foi preso próximo de sua residência no momento em que conduzia o seu veículo no bairro Cruzeiro.

No dia 02 de junho deste ano, um homem de 57 anos foi encontrado com ferimento na região do abdômen provocado por arma branca (facada), vítima de tentativa de latrocínio no interior de São Lourenço do Oeste (Linha São Roquinho). Na ocasião foram subtraídos duas motosserras, dois cachorros, cerca de 30 galinhas e alguns gêneros alimentícios.

A Polícia Civil realizou a investigação, identificou a suspeita e houve a representação pela prisão preventiva do investigado.

O preso foi encaminhado ao Presídio Regional de Xanxerê e permanecerá à disposição da Justiça.

banner4

Uma ação conjunta da Polícia Civil e da Polícia Militar prendeu na segunda-feira (13) o suspeito de um homicídio contra um motorista de aplicativo em São Francisco do Sul, no Norte de Santa Catarina.

O homem tinha mandado de prisão pelo crime, que ocorreu em dezembro de 2021. Ele também foi preso em flagrante pela suspeita de roubo a um posto de combustíveis, no bairro Reta.

O suspeito é apontado como o autor do disparo contra o motorista e teria contado com adolescentes para tirar a vida da vítima.

A Polícia Civil havia representado ao Judiciário pelo mandado de prisão após investigações feitas pelo Setor de Investigações e Capturas da Delegacia de Polícia da Comarca de São Francisco do Sul, com o apoio da Polícia Militar.

WhatsApp Image 2022 06 13 at 18.00.24

A Polícia Civil de Faxinal dos Guedes prendeu na tarde desta segunda-feira (13) um homem condenado por homicídio qualificado ocorrido em Ponte Serrada no dia 16/04/2012.

O homem foi condenado a uma pena de 15 anos e 2 meses de reclusão e, após os procedimentos na Delegacia de Polícia, foi encaminhado ao Presídio Regional de Xanxerê, onde passará a cumprir a pena em regime inicialmente fechado.